Socorro, vem aí o dia 8!

Fevereiro ainda não acabou e já começou a euforia à volta do dia 8 de Março. São  t-shirts, promoções, jantares organizados, tudo a propósito do Dia da Mulher.
 Eu sei que o dia  é muito importante porque é uma forma de homenagear as operárias têxteis de uma fábrica de Nova Iorque  que entraram em greve, neste dia do ano de 1857, para reivindicarem a redução de um horário de mais de 16 horas por dia para 10 horas. Estas operárias que, nas suas 16 horas, recebiam menos de um terço do salário dos homens, foram fechadas na fábrica onde, entretanto, se declarara um incêndio, e cerca de 130 mulheres morreram queimadas. Assim, em 1910, numa conferência internacional de mulheres realizada na Dinamarca, foi decidido, em homenagem àquelas mulheres, comemorar o 8 de Março como "Dia Internacional da Mulher".




  Eu vou bater-me sempre pelos direitos das mulheres ( e há tantas a sofrer por este mundo fora...), mas confesso que  começo a achar  esta história de t-shirts, presentes, flores e jantarinhos  no dia 8 de Março, uma história assim como que comercialmente muito mal contada. Será?

1 comentário :

  1. Não há nada hoje em dia que não gire em torno do dinheiro.
    Épocas festivas/feriados/etc. então... É de fugir!


    Beijinhos.

    ResponderEliminar