Às vezes penso que o que está a dar é ser baldas... Aos baldas nunca lhe pedem para fazer nada pois receiam que possam não cumprir, aos baldas nunca lhes dão projectos com maior responsabilidade pois estes podem não ser capazes de os levar avante, aos baldas é lhes exigido o mínimo, se os baldas chegam atrasados a uma reunião é normal, se os baldas faltam,há desculpa...são uns baldas!
E depois há os outros...os que têm brio no seu trabalho, que dão o seu melhor, mas que acabam por se preocupar e trabalhar muito mais, recebendo, na maioria das vezes, o mesmo.
Por vezes também me apetecia baldar-me, no entanto não sou mesmo capaz... Gosto de fazer as coisas bem feitas, da sensação do dever cumprido, mas às vezes estou tão farta e cansada que fico mais amarga e até escrevo coisas destas!

2 comentários :

  1. Tal e qual, querida Sofia, tal e qual ...
    Beijos muitos

    ResponderEliminar