Ressaca de emoções

Voltar a Góis foi  um reviver de momentos bons, menos bons, mas sobretudo reviver-me a mim com vinte e três aninhos, acabadinha de me formar, com a cabeças cheia de certezas e de que era capaz de mudar o mundo.
Não foi fácil chegar a Góis, instalar-me numa vila pequenina, longe de casa e começar a trabalhar numa escola velhinha ( agora Góis tem uma escola nova...linda). Eu, que venho de uma família cheia de primos e primas, que estava habituada a mal chegar a um sítio conhecer meio mundo,  estava de repente num local completamente desconhecido, cheia de serras à minha volta.
Góis é uma vila encantadora, mas o que realmente me ajudou foram os alunos maravilhosos que tive e as pessoas da vila que, entretanto, fui conhecendo. A D. Lisete, a Sara, a Eunice e o Pica foram algumas dessas pessoas que me deram o colinho quando eu me senti (ainda) mais pequenina...Que tiveram sempre uma palavra amiga e um sorriso cheio de calor.
Quando saí de Góis, muitas vezes quis voltar para agradecer. Nunca o fiz e sempre me culpei por isso. À medida que os anos foram passando, sentia que era ainda mais difícil e mais me afastava.
Este fim-de-semana voltei. Apesar de ter passado o tempo ocupada com actividades para fazer ou com a nostalgia a ocupar-me os pensamentos, dei um abraço apertado à D. Lisete e tentei mostrar que estava agradecida e que não tinha esquecido Góis.Como poderia?
Góis é uma vila linda, mas o melhor que tem para oferecer e que a torna de facto inesquecível e um marco na vida das pessoas, não é a paisagem verdejante nem as águas do rio Ceira. O que torna o local cheio de magia são as pessoas que em Góis moram. Todos os dias do ano.

11 comentários :

  1. Deve ser mesmo uma bonita vila, e pelo que dizes, cheia de gente calorosa e simpática:) bj!

    ResponderEliminar
  2. E isso é muito mais importante e acolhedor do que a mais bela paisagem do mundo, é sentir-mo-nos em casa, tal como aconteceu contigo.

    ResponderEliminar
  3. A minha mãe também é professora e também trabalhou numa vila no início da carreira! E sim, também já lá voltamos... Kiss*

    ResponderEliminar
  4. o mundo está cheio de gente boa. porque será que perdemos tanto tempo com gente que o é menos, deixando para depois aqueles que merecem mais a nossa atenção?

    ResponderEliminar
  5. é realmente fantástico sentirmo-nos em casa... tão longe!

    beijocas

    ResponderEliminar
  6. there is nothing like home !

    ResponderEliminar
  7. Sofia, que bom voltares ao local onde foste feliz e reveres as pessoas que te deram colinho, quando precisavas :)
    Beijinhos, minha querida.

    ResponderEliminar
  8. Que bom o reencontro...e nunca fui a Gois mas ja ouvi dizer que e' lindo, muito verde e de aguas cristalinas...
    bjinhos boa semana

    ResponderEliminar
  9. Parece-me que já te redimiste de todo o tempo que não foste lá! Que bom poder voltar a acompanhar as tuas andanças :)

    Beijinhos grandes

    ResponderEliminar
  10. Agora fiquei cheia de vontade de conhecer Góis, fica anotado como um próximo destino para uma escapadela de fim-de-semana:)

    ResponderEliminar