Modo bruxa

Resultado dos meus petizes no final da manhã. Pois...à tarde há mais!!!

Na zona onde moro há a tradição do Bolinho, também chamado Pão por Deus. Os putos reúnem-se em pequenos grupos e andam de porta em porta, no primeiro dia de Novembro, a pedir "Ó tia dá bolinho...". 
É uma tradição muito antiga e, se antigamente se ofereciam tremoços, nozes ou maçãs, agora quem reina são os chocolates e as pastilhas elásticas.
E sim, eu sei que é uma tradição muito bonita, os garotos andam maravilhados e enchem a aldeia com as suas vozes felizes. E sim, eu sei que os meus petizes têm ali doces para o resto do ano e andam entusiasmados (o meu mais velho até fez um mapa com a ajuda do Google Maps para não se esquecer de nenhuma rua da aldeia). E sim, eu quando era pequenina adorava cumprir a tradição.
E é tudo muito lindo e tal, mas quando nos deitamos tarde e passamos o dia a ouvir gritos estridentes (já não consigo escrever vozes felizes outra vez:) a pedir " Ó tia dá bolinho", só apetece pôr um letreiro à porta a dizer " Nesta casa não se respeita a tradição; avancem e gritem mais abaixo".
Acho que o meu lado de bruxa má está mais desperto do que nunca!

19 comentários :

  1. Ehehehhehe!!!! Na minha aldeia tinha uma tradição parecida, mas era chamada por "bolinhos e bolinhós", com uma abobora iluminada nas mãos, cantavamos uma cantilena desafinada e lá nos davam doces, frutos secos ou dinheiro (uma vez conseguimos 700$ para cada um!!!

    Obrigada por me fazeres rever esta pérola!! :)

    As tradições são a alma de um povo... e eu ADORO!

    beijocas

    ResponderEliminar
  2. Eu reparo que de ano para ano são menos... este ano, os primeiros vieram eram quase 11h. A essa hora, no meu tempo, já estávamos a vir a casa fazer a primeira descarga das sacas :)

    Lembro-me muito bem de pensar que as pessoas que falavam mal do Governo (na altura era o Cavaco) eram tolas e que tínhamos o melhor governo do Mundo... ora se punham um dia feriado só para irmos pedir doces :) inocência de criança :)

    E nesse dia havia sempre canja... para curar as inevitáveis dores de estômago por conta de tanto doce que não chegou a casa...

    O Halloween é que não me atrai nadinha. E custa-me ver os miúdos trocarem o dia do bolinho pela noite das bruxas... mas pronto... é assim a vida...

    (e as sacas são LINDAS!!)

    ResponderEliminar
  3. Aqui pelas minhas bandas também adaram crianças a pedir o Pão por Deus. Confesso que achei muita graça! No entanto não estava preparada! só abri a porta a 1ª vez, porque depois já não tinha nada para dar! Já despachei as bolachas de chocolate que tinha comprado ontem! É da maneira que não as como eu :))) Na minha infância nunca tive este tipo de tradição...
    O lado bom é que ficam com imensos doces!

    Beijinhos

    ResponderEliminar
  4. Por aqui não conheço nenhum tradição do género:( bj!

    ResponderEliminar
  5. Lololol!
    Ó tia, dá bolinho!...

    ResponderEliminar
  6. Sofia, que bom ainda se manterem estas tradições. Quando era criança, era uma festa, durante toda a manhã. E davam-nos como dizes, frutos secos, rebuçados, romãs e tostões.
    Aqui pelo Norte, não existe essa tradição.
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  7. Aqui não há nada disso, mas quando era pequena cheguei a ir em Fátima, porque os meus avós viviam lá e tinhamos lá casa.

    Beijinhos grandes

    ResponderEliminar
  8. Ena tantos chocolatinhos!!
    Por acaso ontem também andaram por aqui :)

    ResponderEliminar
  9. Se faz favor de mandar alguns dos bolinhos e chocolates (que também vi) via blog, Ok?
    Uma pessoa quase fica a babar-se....

    Beijinhos

    ResponderEliminar
  10. Que lindooo!Por cá não temos nadinha disso, é pena! Mas é uma das desvantagens de se viver numa gd cidade!

    Ah, quero ver agr a tarefa de controlar essa doçaria toda! Kiss*

    ResponderEliminar
  11. Quando era pequenita também ia ao pão por Deus! Agora não vejo cá nenhum miúdo a fazê-lo... Mas ontem apareceram uns quantos! "Doçura ou travessura?" Tenho tanta pena que larguem as nossas tradições para adoptar outras...
    Enfim.
    Sophie*

    ResponderEliminar
  12. Possa, vocês são generosos na tua terra! =)

    ResponderEliminar
  13. Xiiii tantas guloseimas!
    Beijinhos e parabéns pelo blog :-)
    Sofia

    ResponderEliminar
  14. eu tambem fui ao Pão por Deus com os meus.

    Na Praia das Maças, o Pão por Deus tem uma cantilena difrente:

    Pão por Deus
    Pão por Deus
    Saco Cheio
    Vamos com Deus

    e tb os meus foram de porta em porta, estabelecimento comercial em estabelecimento comercial...e adoraram...

    tambem tenho doce até meio do próximo ano (ou não)

    mas eu confesso que adoro esta tradição...é nossa, não é uma cópia tão em moda com o hallwoeen...é portuguesa e genuina.

    C.



    www.olhostristes-kikas.blogspot.com

    ResponderEliminar
  15. Como vivemos relativamente perto aqui tb há essa tradição, e adoro :)

    Beijinho

    ResponderEliminar
  16. Antigamente íamos pedir os bolinhos e bolinhos, com a cara tapada com uma caixa de sapatos, recortada como uma caveira e com uma vela/lamparina acesa! E cantávamos uma canção e dava-mos a adequada resposta, consoante nos abriam ou não a porta... Era muito engraçado e nunca queimámos os cabelos, nem a cara! Agora, onde moro, nada acontece com pena minha!

    Conheço a tradição de ir pedir o Bolinho, pois tenho amigos/as nessa zona, que me contam sobre os saquinhos, sobre as dádivas. Ainda bem que preservam essa tradição!

    bjo

    ResponderEliminar
  17. Não vais acreditar,eu quando vim morar para a minha zona, não fazia ideia do que era o pão por Deus e quando os miúdos me bateram à porta,eu pensei: "mas eu não tenho pão fresco em casa".
    Pior foi pensar em voz alta e ser gozada por um montão de pirralhos :) queria um buraco para me enfiar...depois lá um mais crescidote me explicou o que era. Foi a maior vergonha da minha vida.
    Bj**

    ResponderEliminar
  18. Que giro! Por cá não há nada disso!

    ResponderEliminar
  19. Os meus pais são da zona de Abrantes e eu lembro-me bem do pão por Deus :)
    Em Lisboa,quando era miúda lembro-me tambem do 'tostãozinho pró Santo António'...e agora fizeste-me sorrir com estas memórias.Beijo.

    ResponderEliminar