Tumblr_lb23stlmpk1qaobbko1_500_large
Hoje, num almoço como alto patrocínio da Embaixada da Finlândia, fiquei sentada numa mesa com quatro espécimes do sexo masculino. Eu e mais três mocinhas. Conversas banais, muito inglês e português à mistura, as diferenças ( colossais) entre a educação na Finlândia e Portugal...O que se espera(va)... Mas sabem o que me irritou?

Um rapazinho "bem" que não se calava e que, em menos de cinco minutos, fez questão que todos soubessem que tinha frequentado um colégio com nome sonante em Lisboa, que os filhos também o frequentavam e que todos os meses almoça num hotel de cinco estrelas ( em Lisboa) com amigos empresários e deputados da nação. Um mocinho (de Lisboa) que falava connosco, pobres habitantes da província... 
Eu adoro Lisboa e os lisboetas, mas não gosto nada de alguém que pensa que o facto de ter nascido, estudado  e de viver  na capital faz dele um ser iluminado... 
Ei! Lisboa é a capital ( aliás uma capital lindíssima), mas o resto não é  paisagem!!!

17 comentários :

  1. Detesto pessoas convencias, seja lá de onde forem!! A humildade é das maiores virtudes que uma pessoa pode ter. bj:)

    ResponderEliminar
  2. Infelizmente ainda se pensa assim...é triste!!

    ResponderEliminar
  3. é por isso que há tanta ignorância em lisboa. já vivi em várias cidades de portugal, vivo em lisboa há uns anos e da minha experiência é a cidade onde há mais ignorância. exactamente porque muitas pessoas acham que basta nascer e/ou viver aqui para saber tudo ou ser melhor que qualquer outro.
    é triste...
    maria silva

    ResponderEliminar
  4. É uma pena que ainda haja pessoas assim ...
    Beijos doces

    (tens um post especialmente elaborado para a minha amiga gira e doce, com direito a photos e tudo e tudo!)

    ResponderEliminar
  5. Eu nasci em Lisboa e vivo muito pertinho da Capital, acho que é uma cidade absolutamente linda mas as pessoas não são nem mais nem menos por viverem lá, por andarem em colégios etc.

    Isso querida é ignorância e há muita por aqui.

    Beijinhos grandes

    ResponderEliminar
  6. Não é só em Lisboa! Infelizmente, para muita gente colégios é sinónimo de inteligência.

    ResponderEliminar
  7. O que eu detesto mesmo são pessoas convencidas que são o centro do universo, sejam elas de onde forem. AS pessoas não são melhores só porque nasceram em x estudaram em y e vivem sei lá onde.
    Tenho pena desse rapazinho que acha que precisa de enumerar todas essas coisas para se afirmar na vida e perante os outros, deve ser uma pessoa muito fútil.
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  8. Gentinha !è o que è ! Entâo na minha profissão é com cada um ! eheheheh

    ResponderEliminar
  9. Olá Linda!..

    Pessoas assim não me incomodam. Não lhes dou importância absolutamente nenhuma. Nasci numa aldeiazinha de trás-os-montes e há muitos anos moro numa das zonas mais nobre desta linda cidade - Lisboa( Av.Républica/Campo Pequeno)!...
    Mas se há pessoas assim é porque outros lhes fazem o lastro para que assim sejam!...
    Eu jamais me sentaria à mesa com alguém que assim fosse, ou então seria a 1ª e última vez!...

    A semente ruím só prolifera em terra fértil, mas para a ruidade!...

    Não lhe criem os lastros, que naturalmente seram extintas. Não basta dizer que odeiam! Isso é importância a mais - Ignorem!...

    Se assim não fizerem, desculpem a sinceridade -TAMBÉM NÃO PRESTAM ".

    Um bom Natal para todos

    W.B.

    PS. Desculpem, já repararam que se gasta mais tempo a falar do que não presta e do que não se gosta e do que não se ama!...

    Desculpem, mas conheço muita gente maravilhosa!... Pena serem poucos!....


    bjs

    ResponderEliminar
  10. Gente snob que até mete nojo!!!
    Bjinho

    ResponderEliminar
  11. Detesto esta mentalidade que existe em Portugal. Viver em Lisboa é que é bom...e o resto? Porque não temos cidades mais desenvolvidas por todo o país, como em Espanha? Temos um pais lindo, é uma pena as pessoas não estarem bem distribuídas no território!
    E fico super irritada quando sugiro saidas/jantares fora de Lisboa e é sempre;"Ah que horror, tão longe...!", quando me refiro a percursos de 30km...! Eu adoro Lisboa, trabalho lá diariamente, mas adoro a zona onde vivo, bem calma e com uma cidade mais pequena por perto que adoro! :)

    ResponderEliminar
  12. Acho que o nosso país têm locais fantásticos, mas também tem pessoas desse tipo em todo o lado. Talvez seja bom para dar-mos valor às pessoas de valor que estão perto de nós.

    ResponderEliminar
  13. Detesto gente assim, com a mania que são superiores aos outros.

    Fizeste-me lembrar muitos dos lisboetas que vêm para o Algarve no Verão falar mal do Algarve, se é assim tão mau, não venham.
    E há tantos casos em que esses lisboetas de que eu falo:

    a) nem em Lisboa vivem, mas sim nos arredores
    b) vivem em condições miseráveis, e vêm-se gabar para aqui
    c)se fossem pessoas normais, não falavam assim

    kiss

    p.s: devias fazer um post a falar da diferença que notaste entre a cultura finlandesa e a portuguesa.

    ResponderEliminar
  14. Sou lisboeta mas estou absolutamente de acordo

    ResponderEliminar
  15. Também tenho essa opinião. Conheci um lisboeta, de grau de educação superior que sempre me tratou como provinciana. Como se eu fosse uma coitadinha que não tinha tido hipoteses de vida pelo simples facto de viver e ter nascido na provincia. Fiquei com uma péssima impressão de todos os lisboetas em geral e até posso estar errada, já que há "gente e gentinha" em todo o lado.

    ResponderEliminar
  16. Também odeio isso! e olha que oiço muito este discurso na empresa em que trabalho...

    ResponderEliminar