Será assim?


Angelina21_large
Aos 20 anos perguntavam-me se já namorava. Depois quando casava. Casei e lá veio a perguntinha de quando é que vinha o bebé. E depois o casalinho ( veio um casal de rapazes:).
E agora ou me divorcio(o que não está,definitivamente, nos meus planos) ou parece que a minha vida terminou aqui. Parece até que já só falta uma pergunta...E agora, quando é que morres?

17 comentários :

  1. LOLOL pois a mim foi igual! Agora já não existem perguntas parvas lol, a não ser umas almas iluminadas que me perguntam para quando o terceiro (e estou grávida do segundo)

    ResponderEliminar
  2. Tens toda a razão, também senti o mesmo. Também havia as perguntas sobre o emprego e o curso.
    Acho que daqui a uns anos a pergunta será quando é que vamos ser avós...
    ;)
    Beijinhos.

    ResponderEliminar
  3. Querida Sofia, saltaste algumas estapas:
    - que curso é que os moços frequentam?
    - Quando é que casam os teus moços?
    - Quando é nasce o netinho?
    Beijinhos ;)

    ResponderEliminar
  4. É como diz a Manuela ;)
    No meu caso, continuam a massacrar-me: quando é que vêm meninos?
    O mais incrível é que, se há questões íntimas, são estas, por isso chega a ser de mau tom!
    Bjsss,
    Madalena

    ResponderEliminar
  5. Não não, agora é a vez "já és avó?"
    Bjo minha giraça preferida da blogosfera!!!!

    ResponderEliminar
  6. Tal como já disseram nalguns comentários acima, ainda te hão-de calhar as perguntas sobre os netos. Agora imagina eu, 39 anos (40 este ano), solteira, passei a vida toda a levar com a pergunta do "quando é que te casas?" e eu sempre a reclamar. Hoje em dia já desistiram e ninguém me pergunta nada, e como também não tenho filhos, só me resta mesmo a do "quando é que morres?".

    :-)

    ResponderEliminar
  7. Opá, podes crer!! Tal e qual! :D

    ResponderEliminar
  8. ah ah ah! Bolas.. ainda deves ter a pergunta quando vem outro filho.. a mim fazem-me sempre essa

    ResponderEliminar
  9. muitas vezes são perguntas inocentes de quem não sabe o que dizer... temos de lhe dar a importância que merecem...

    ResponderEliminar
  10. A seguir vem a pergunta: E para quando os netinhos?! :)
    bjos e uma boa semana

    ResponderEliminar
  11. É verdade! No outro dia uma rapariga que conheço desde a infância e que se casou contou-me que está grávida e radiante. Fico feliz por ela, mas quando ela me disse que já se sentia uma mulher completamente realizada confesso que fiquei um pouco em choque! Não percebo como é que alguém com 28 anos se sente completamente realizada simplesmente porque está casada e grávida...

    ResponderEliminar
  12. ouuuu para quando um novo amor?

    alguém que goste de si, como é! pelo que é! e depois mais um filhote ou uns netinhos.

    E passea-los muito, e ginásticas, e voluntariado, e amigas, e compras claro sempre!!

    E ter tempo para si e para o que gosta!!!

    http://boutiqueanita.blogspot.com/

    ResponderEliminar
  13. Falta uma perguntinha sofia ou uma afirmação .Que è :qualquer dia vem os netos .

    Ohhhhhhhh good !! eheheheh Quando me dizem isto , sò penso .What ???? EHEHHEH. Não se pode ter 40, em paz ??

    ResponderEliminar
  14. Acho que ainda estás muito fresca para acabarmos por aqui as questões de evolução!!! Eu pergunto: para quando a menina??? Eu gostaria!!!! São meus sobrinhos, sabes disso!!!

    ResponderEliminar
  15. Filomena,
    A menina...às vezes quero tanto...outras vezes...estou tão bem assim...
    se vier...és a madrinha!

    ResponderEliminar
  16. QUE HORROR...Mas tens razão..as pessoas são tão insatisfeitas....
    E é pena não olharem mais para elas proprias:)

    ResponderEliminar