Mea Culpa!



E esta situação que ando a passar com a minha gata é uma verdadeira lição. A verdade é que, durante algum tempo, eu sempre que via pessoas a tratar os animais como bebés pequeninos, estranhava e, às vezes, até achava exagerado. Pois bem, já me arrependi mil vezes. Agora que ando aqui feita barata tonta, a ir falar pessoalmente com o veterinário, a telefonar para a clínica mais vezes do que devia, de lágrima sempre pronta a saltar, é que compreendo os outros a quem cheguei a criticar. 
Pois é, menina Sofia, a vida às vezes encarrega-se destas... 

E desde já agradeço a força dos vossos comentários. E a Bolinha, enquanto luta contra uma perionite também agradecia, se pudesse. Por agora, cada minuto que passa, cada hora, é uma vitória.

25 comentários :

  1. tadinha da bolinha :( as melhoras dela. Beijinho grande

    ResponderEliminar
  2. Como a entendo!Também desesperei quando a minha Nocas esteve internada...Desesperei como nunca imaginei que pudesse desesperar.Os nossos animais têm o dom de nos transformarem.E merecem tudo,todo o nosso amor e atenção! Espero que a Bolinha melhore depressa e que não passe de um grande susto!Bj.

    ResponderEliminar
  3. Acho que é defeito de quem passou uma vida a ter animais domésticos daqueles de irem para o tacho.

    Mas eu entendo. Seja cão, gato ou periquito. É alguém que te ouve. Que te faz companhia. Que te faz rir. Que partilha a tua vida e faz parte das tuas memórias.

    A gata de uma amiga minha foi esterilizada em Dezembro e foi um sofrimento. Para ela, para a minha amiga e para mim. Seja animal pessoa, seja animal animal, o sofrimento não nos deixa, nem deveria deixar, indiferentes.

    Mas assim como a Dido se recuperou rapidamente também a Bolinha daqui a pouco está a fazer das suas :) é que eu também aprendi que os animais têm um poder de recuperação espantoso!

    Força e Bona Fortuna!

    ResponderEliminar
  4. Essa marotecas ainda não teve alta?
    As melhoras ;)
    Madalena

    ResponderEliminar
  5. Desejo à bolinha exactamente o mesmo que desajaria se fosse um dos meus gatinhos. boa sorte para ela e força!

    ResponderEliminar
  6. As melhoras para a Bolinha!
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  7. Olá querida, sei bem como é dificil o que estás a passar, os animais fazem parte da familia e doi demasiado quando ficam doentes... um beijão enorme querida e as melhoras da Bolinha do fundo do coração.

    ResponderEliminar
  8. Querida Sofia, um abraço para ti e para a Bolinha.

    ResponderEliminar
  9. Eu dormi mal por causa da conjuntivite da Nônô... Quando eles não estão bem, ficamos de coração tolhido!
    Um beijo de coragem para as duas.

    ResponderEliminar
  10. Eu compreendo e muito bem, acima de tudo porque amo animais, gatos ou cães e infelizmente já fiquei muitas vezes com o coração apertadinho quando tinham algum problema de saúde. Umas vezes o desfecho foi triste mas outras muito feliz e é o que desejo que aconteça com a Bolinha.

    Um grande beijinho

    ResponderEliminar
  11. Não fiques assim! A culpa não é tua!

    ResponderEliminar
  12. As melhoras pela tua bolinha, esperemos que o desfecho seja o melhor!

    Beijocas

    ResponderEliminar
  13. Pois, só quem os tem é que sabe o quanto doi vê-los doentinhos. Já passei noites acordada por causa dos meus cães... e não me arrependo, nem tenho vergonha de o assumir. Voltarei a fazêlo se for preciso (espero que não!)

    As melhoras da princesa.

    ResponderEliminar
  14. percebo-te... tenho dois gatos que adoro.
    um desejo de melhoras!

    ResponderEliminar
  15. Percebo-te e bem...também tive um gato, o Pancinhas e quando morreu andei triste resmas de tempo...
    Melhoras da Bolinha
    Beijinho

    ResponderEliminar
  16. Realmente só depois de os termos é que compreendemos, passam a ser da familia pois sempre que estamos em casa eles estão connosco, dia após dia, ano após ano. Afeiçoamo-nos de uma tal maneira que quando algo acontece é como perder um membro da familia muito, mas muito chegado! Há 2 anos que ele é uma estrelinha, há 2 anos que choro, há 2 anos que não sou a mesma. Nem os 3 cães que agora tenho e que AMO conseguem apagar esta dor. Mas fiquei assim porque foi uma morte trágica e muito violenta que veio sem aviso, quem me dera que tivesse sido doença ......Mas a sua Bolinha vai ficar bem porque tem quem a ame á sua espera e vão dar a volta e não tarda nada já anda a "afiar" as unhas no sofá ........ESTOU A TORCER!!!

    ResponderEliminar
  17. Eu e as minhas duas bolinhas de pêlo torcemos por ela ;)

    ResponderEliminar
  18. Sofia, compreendo perfeitamente a tua dedicação, também tive um cão a quem tratava como um irmão. É normal. As melhoras rápidas da Bolinha.
    Bj**

    ResponderEliminar
  19. Desejo sinceramente que a Bolinha supere todas essas provas! Nem quero imaginar uma situação semelhante com a minha Tita! Já tenho tantas saudades dela! Acho que quando for a Portugal ela já não me vai conhecer...
    Beijinhos Sofia! Força!

    ResponderEliminar
  20. As melhoras da gatinha. E que esse aperto de preocupação passe rápido.

    ResponderEliminar
  21. Como vai a meninecas?
    Bjsss,
    Madalena

    ResponderEliminar
  22. Não faço comentários, sabes como sou com o meu Macau e o que se passou connosco há tão pouco tempo. Força e quando ela vier para casa façam com que ela se sinta como mais um membro da nossa familia e quem sabe para próxima fique na foto com o primo Macau...
    Beijos e coragem.

    ResponderEliminar
  23. Compreendo-te perfeitamente, eu tambem tenho uma gata e trato-a como um bebe, as vezes paro para pensar nisso, ams não me importo com que os outros pensam, o meu sentimento por ela é enorme.

    Beijinhos

    ResponderEliminar
  24. Já conhecem o novo hate blogue? Não? Visitem e tornem-se seguidoras:

    http://rebeu-beu-beu.blogspot.com/

    ResponderEliminar
  25. Ah! Agora já sei o que se passou e é verdade o que dizes! Como uma pessoa se afeiçoa aos animais. é incrível o amor e a dedicação que eles despertam em nós. Graças a Deus correu tudo bem. Beijinhos

    ResponderEliminar