Rewind, please!

E depois de escrever o post anterior fui ler este. E apetecia-me não  ter escrito o meu.

8 comentários :

  1. Até fiquei com dores de estômago!

    ResponderEliminar
  2. Cada pessoa tem os seus problemas e preocupações. Infelizmente há uns (muito) mais difíceis de ultrapassar que outros, é verdade.
    Quanto a ti, espero que o ânimo e o optimisto voltem rapidamente. Beijinhos

    ResponderEliminar
  3. São com estas histórias que às vezes nos apercebemos que a nossa vida é fantástica.
    Para ti querida Sofia, pensa positivo e acredita que melhores dias virão.
    Bj**

    ResponderEliminar
  4. Uma força de vida, sem dúvida!
    Rezo para que recupere....

    ResponderEliminar
  5. Também acho que cada problema é diferente e tem a sua importância. Eu também ando desnimada essencialmente preocupada com os mesu 3 filhos. Cheguei a pensar ter mais um mas hoje em dia é questão que está completamente posta de lado e isso também é cortarem-em a realização dos meus sonhos, mas sei o quento tenho sorte em ter uma casa e um trabalho!!! bjs e anima-te!!!

    ResponderEliminar
  6. Querida Sofia, pois... sinto-me uma formiguinha, quando comparada com esta mulher!
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  7. É... a vida ensina-nos muita coisa da pior maneira possível. A verdade é que o ser humano (se quiser) tem uma força incrível! A Sandra agarrou-se aos filhos. Desejo e rezo para que tudo e todos fiquem bem.
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  8. Curiosamente, também estive a ler a Cocó na Fralda antes de vir ao teu blog e compreendo perfeitamente o que dizes. Eu já estava de lágrimas nos olhos a ler aquela história! Temos de dar muito valor à vida tranquila que levamos, nunca sabemos se há uma tempestade prestes a chegar!
    Beijinhos!

    ResponderEliminar