Vida boa...


Já há muito tempo que não dava notícias de Dona Bolinha. Depois de o ano passado ela  ter gasto duas ou três das suas sete vidas, agora anda toda gaiteira, emproadinha e a escolher os namorados como bem lhe apetece. 

Quando ela veio cá para casa estava tão maltratada e tinha tantas pulgas que é difícil hoje acreditar que é a mesma gata. Pois é, o amor faz milagres e D. Bolinha é hoje a beldade cá da minha rua. 
E enquanto me afasto para ir trabalhar, ela estende-se ao sol e olha-me a dizer " Vai, vai.. cá te espero para o jantar!".
 Há gatas com sorte!

16 comentários :

  1. Mas que coisinha mais lindinha e fofinha :D

    ResponderEliminar
  2. Eu não gosto de gatos, mas a tua gatinah até que é bem gira... ;)

    ResponderEliminar
  3. É tão linda! :) Ainda bem que o amor faz milagres e que essa gatinha teve a sorte de a conhecer. ;)

    ResponderEliminar
  4. Vida boa essa :) Queria uma = para mim, sff, lol.

    ResponderEliminar
  5. e tem tempo para se cuidar, está uma jeitosa:) bj

    ResponderEliminar
  6. É tão bom podermos dar o nosso amor a quem precisa e vermos o quanto esse amor os muda *.*

    ResponderEliminar
  7. E está uma giraça, igual à dona! :)

    ResponderEliminar
  8. É muito bonita. Adoro animais.

    http://beleza-natural2012.blogspot.com

    ResponderEliminar
  9. Adaptando o comentário da minha sogra sobre a nossa cadelinha ao caso da D.Bolinha, ... «é preciso ter sorte para ser gato!». Ela é muito bonita e teve sorte em arranjar uma boa dona.

    ResponderEliminar
  10. E que bolinha!!! Fofa até demais ...

    ResponderEliminar
  11. Olá,
    olá fofa e linda como a dona!
    ; )
    Bjs
    Fica bem

    ResponderEliminar
  12. Há mesmo gatas com sorte! E gatos, também! Por aqui adoramos o Bigodes, que veio viver cá para casa em outubro e está cada vez mais afeiçoado a nós!

    ResponderEliminar
  13. Tão linda!!! O meu Rambo era igual a ela, só que todo preto. Tenho tantas saudades dele... :(

    ResponderEliminar
  14. Que coisa mais fofa!!!!, fez-me lembrar a minha bichinha, era uma persa branquinha que me foi oferecida e também estava muito maltratada, mas eu cuidei bem dela, amava de morte a minha bichinha, mas infelizmente morreu, gastei uma fortuna para tratá-la, mas não adiantou de nada, já foi há um ano mais ou menos e hoje ainda é o dia que sinto a falta dela, só lhe faltava falar, de resto entendiamo-nos perfeitamente...
    Beijos e para ti e a tua linda Dona Bolinha:)

    ResponderEliminar
  15. gostei do blogue... n conhecia! Sigo :)


    http://dressedcrisis.blogspot.com/

    ResponderEliminar