Sofia, a bebedora de histórias


Eu gosto de contar histórias, mas gosto ainda mais de as ouvir. Uma das coisas boas de morar numa aldeia pequenina é poder contactar mais de perto com pessoas de todas as gerações. 
E há uma coisa em mim que se intensifica com a idade...cada vez mais paciência paras os mais novinhos e para os mais velhos. Não é treta, a sério.
Quem me conhece bem, sabe que é verdade. Aqui na minha aldeia não tenho assim muita disponibilidade (vontade?) para estar na conversa com pessoas da minha idade ( tirando os amigos que não são assim tantos). Eu gosto é de  ouvir histórias dos mais antigos, histórias que eles me contam sobre os meus avós que eu não conheci, histórias de como a vida era verdadeiramente difícil, histórias de quem lutou ,e na maioria das vezes conseguiu, por ter uma vida melhor.

Este senhor da foto é o Sr. António, foi marinheiro, e desde que me conheço que ele me chama Sophia Loren, é muito cavalheiro e conhecedor do mundo, um livro andante é o que ele é.
 E eu sou uma sortuda por poder crescer (envelhecer?) com pessoas destas ao meu lado!

2 comentários :

  1. E ouvir histórias dessas é uma dádiva. Também eu gosto que me contem histórias.
    Bj**

    ResponderEliminar
  2. Gosto tanto de ouvir histórias e estórias "antigas". E de gente que sabe contar...

    ResponderEliminar