Sofia e a política, ou como eu posso perceber pouco do assunto...

132719_hi_large
Já votei PSD, PS e BE. Nas últimas eleições, mesmo sem grandes certezas, votei  PSD. E sinto-me desiludida por viver num país que não teme cortar nos ordenados de quem recebe menos de quinhentos euros, triste por estar a ver amigos a irem embora deste país, com o coração apertado por não existir qualquer apoio para os jovens casais com filhos...
Podia enumerar muitas razões mais, mas até me envergonho de as escrever.... 
Eu votei PSD e sinto-me nauseada ao ler num jornal diário que o nosso primeiro, após anunciar as novas medidas de austeridade, foi divertir-se com a Laurinha e cantar " Nini dos quinze anos";  hoje pede desculpa no Facebook...

Desculpem por aí, mas  só há uma palavra que me atravessa a mente....vómito!

9 comentários :

  1. Isso para seres bem educada...
    :'(

    ResponderEliminar
  2. Ficamos indispostas, mas nada fazemos.
    Gostava de me tornar útil na viragem necessária. Mas, não sei como...

    ResponderEliminar
  3. Santa inocência a sua e de mts portugueses em acreditar que o PSD iria salvar Portugal da miséria.

    ResponderEliminar
  4. É fácil, na próxima, votem todas à esquerda e deixem de cometer os mesmos erros! Não sabemos se será melhor ou pior, se não experimentarmos; não me serve a desculpa de que eram iguais, porque isso é paleio de quem não quer assumir que votou mal e não tem coragem de votar nos outros... Por isso mesmo, volto a repetir, mudem o voto, experimentem, esgotemos as possibilidades para depois podermos comparar!
    Um reparo: gostei da sua frontalidade e da sua sinceridade!
    Beijinhos, Alice Gomes

    ResponderEliminar
  5. tb me confesso muito desiludida...bj

    ResponderEliminar
  6. Pois. Imagino em quem votou nesse senhor a frustração que está a sentir. :S

    ResponderEliminar
  7. Olá Sofia, bom dia! Por isso é que já só voto em branco porque infelizmente em Portugal a classe politica não tem a mínima credibilidade, seja à direita, seja à esquerda. Não pensem que é por ser mais cómodo, não é, é simplesmente a forma que encontrei de manifestar o meu desagrado e falta de confiança nos nossos políticos. Este país só sairá da crise quando tivermos políticos SERIOS que tomem medidas coerentes, mesmo que impopulares. Eu não me "importo" de ficar sem subsidio e décimo terceiro mês, sim pq não é um subsidio como insistem de apelidar, de ter que descontar mais para a segurança social, etc, se vir as mesmas medidas aplicadas a TODOS, desde os políticos aos grandes empresários. Infelizmente isso não acontece. O que vemos é que os ricos estão cada vez mais ricos e os pobres cada vez mais pobres. A classe média?, podem perguntar, essa já é quase inexistente. Reduziram-nos os salários, aumentaram-nos a carga fiscal, tiram-nos aos poucos o serviço nacional de saúde, sim não tarda estaremos a pagar por todos os actos médicos, a educação está de mal a pior, turmas cada vez maiores apesar de ter havido uma reestruturação do parque escolar para diminuir o tamanho das salas, enfim e podia continuar a enumerar mts outras coisas que não estão bem mas que, não sei bem como, há sempre PARASITAS espertalhões que beneficiam e enchem os bolsos à custa do empobrecimento das pessoas ainda sérias que existem em Portugal. ADORO o meu país mas temo pelo seu futuro se a mentalidade das pessoas não mudar urgentemente. É urgente mudar e tem que começar por NÓS, temos que mudar a NOSSA mentalidade de “chico esperto”, temos que mudar e sair da nossa zona de conforto, temos de ter vergonha se não declararmos às finanças o que realmente ganhamos e de declaramos despesas fictícias, de assumirmos de uma vez por todas que os políticos actuais não servem os nossos interesses e muito menos o do nosso país. Enfim, já me alarguei neste cantinho que é teu mas que não pude deixar de dizer o que me vai na alma. Eu, própria, já vi o meu irmão obrigado a imigrar apesar de ter duas licenciaturas, biologia e medicina dentária, porque este nosso país não lhe oferece perspectivas de emprego.
    Beijocas
    Cati

    ResponderEliminar
  8. Desiludida ou não, indignada ou não, acho que não faz sentido atacar um PM pelos seus programas familiares depois de um dia de trabalho. No seio familiar e quanto ao divertimento pessoal o PM tem direito a fazer o que bem entender. Essa noticia só podia vir de jornais tipo tabloide que fazem tudo menos informar, efectivamente, os portugueses.
    Ataca-se o PM e o Governo pelas medidas que tomam, não pela agenda pessoal!!!

    ResponderEliminar
  9. Assumo também votei e de forma convicta. Não estou desiludida, já não tenho idade para muitas ilusões. Nauseada é de facto a palavra certa. O pior de tudo é que sei que dentro de 2 anos quando houver eleições não existem propostas alternativas credíveis... Não sou muito contestatária mas se houve um movimento de união nacional podem contar com o meu apoio...

    ResponderEliminar