Há um lugar onde eu pertenço...





  



Já estou por casa e adoro. Um dos melhores momentos quando viajo sozinha, continua a ser o regresso. O abraço apertado dos meus filhos e o brilho dos olhos deles quando me vêem vale por todos os momentos (que foram magníficos, na maioria) que vivi nestes dias por terras holandesas.

Adorei a neve, o museu de Escher ( fica em Haia), Amesterdão continua uma cidade linda, a minha bicicleta era muito fofinha (e eu chegava aos pedais o que é deveras importante), mas eu pertenço ao lugar onde a minha família está.

* Fotos de F. Rodrigues.

1 comentário :

  1. Sem dúvida que esse é o melhor porto de abrigo.
    Um beijo**

    ResponderEliminar