Uma família com esperança #6


Falta um mês para o Luís voltar. Quatro fins de semana. Os últimos dias têm sido difíceis, eu cada vez com mais saudades, os meus meninos a começarem a verbalizar que sentem muito a falta do pai, eu a sentir o Luís mais frágil e a ficar também eu mais triste.

Quando ando assim, tendo a isolar-me o que sei que não é bom. A verdade é que tenho de me forçar para sair, porque tenho muitos dias em que me apetece enfiar a cabeça debaixo do edredon ( mesmo com calor) e ficar lá, quietinha, à espera que o tempo passe. Depois, levanto-me, agarro nos miúdos e vamos à praia, tomar café, procuramos apoio na família e nos amigos. Mas o meu coração está sempre em estado pequenino.

É por isso que tenho fugido do blogue, custa-me assumir as minhas fragilidades, gosto de ser positiva e gostava de deixar aqui palavras de ânimo para quem como eu está nesta situação. Mas há dias em que as saudades doem mesmo e não dá para ser de outra forma que não esta: em estado saudade, mas sempre verdadeira

15 comentários :

  1. sei o que sentes! ando assim! Força

    ResponderEliminar
  2. Mais um poucadinho Sofia, vais conseguir.
    Bejijnhos immensas daqui.

    (o meu novo blog: hereandelse.wordpress.com)

    ResponderEliminar
  3. Mais um poucadinho Sofia, vais conseguir.
    Beijinhos muito grande daqui.
    (o meu novo blog: hereandelse.wordpress.com)

    ResponderEliminar
  4. Meu doce, responde-me por favor à minha mensagem. Precisamos as duas de nos abraçar. E os miúdos podem sempre brincar juntos ...

    ResponderEliminar
  5. Sei bem o que sente...felizmente o meu marido, agora está cá até ao fim de agosto, mas quando partir novamente, o meu estado vai ser igual...a contar os dias até ele voltar...Neste momento peço para o tempo passar devagar, depois muito rápido! Muita força! Maria

    ResponderEliminar
  6. Já dá para começar a contar por ordem decrescente
    Coragem e esperança, falta pouco para os abraços.
    Família benfiquista

    ResponderEliminar
  7. Um dia de cada vez minha querida!

    Beijinho

    ResponderEliminar
  8. Muita força e não desanimes! Tens de sair, fazer actividades com os filhotes, tal como estás a fazer. Daqui a nada o Luís está por aí:) bj!

    ResponderEliminar
  9. Minha querida, estranho seria o contrário. As saudades são "boas" sentimos-lhe a falta, o cheiro, o olhar o toque...sentimos-lhe a saudade...
    Olha vai riscando um dia no calendário...vais ver que ajuda...hoja ja so faltam 29 dias...e amanhã 28....

    Beijinho grande

    ResponderEliminar
  10. Quando se ama é assim... Força

    ResponderEliminar
  11. Força!! Já está quase! :D

    ResponderEliminar
  12. o tempo, pode ser um grande aliado se o soubermos interpretar. Muitos beijinhos Sofia.

    ResponderEliminar
  13. Força Sofia.
    O Luís chega e o miúdos começam a escola...
    Eu lutei por encontrar emprego e arranjei uns dias antes deles entrarem, de férias, é o que que tem passado todo o tempo com eles.
    Estou contente pelo emprego, triste pela saudade, pelo apoio que não dou aos miúdos...
    A vida é feita destas voltas, destes meandros para nos testar.
    Muito força que irão conseguir superar!
    Beijinhos,
    Paula
    vidademulheraos40.blogspot.com.

    ResponderEliminar
  14. Força!!!. Falta pouco tempo. Eu sei que por vezes as saudades "pesam" muito, mas o marido tem de a sentir forte e os filhos também, mesmo que isso lhe custe muito, não é verdade? Muita coragem, e tudo de bom para a sua familia e para si. Beijinho. Evelyne.

    ResponderEliminar