A minha vida como ela é #5

Facebook
Hoje, é dia de despedidas. Dia difícil, portanto. Mas apetece-me aqui escrever é sobre ontem.

Ontem foi dia de nos juntarmos com os alguns casais amigos e fazermos uma farra daquelas (ei! nada de levar para outros caminhos). Quando nos juntamos e há jantarada a festa faz-se quase sempre da mesma maneira: dançamos até mais não, passamos a vida aos abraços ( e nos abraços de grupo somos peritos em levar tudo à frente), bebe-se um pouco mais do que a conta e divertimo-nos MUITO!

Enquanto o pessoal todo pulava, observei um a um e senti que era como se eu estivesse dentro de um filme, daqueles filmes que mostram o pessoal já mais velho a dançar como se tivesse menos vinte anos. Mas qual o mal, afinal? NENHUM. Conhecemo-nos desde crianças, crescemos juntos, já nos chateamos e arreliamos algumas vezes, mas a nossa amizade permanece. Gostamos uns dos outros verdadeiramente e apoiamo-nos nos momentos mais difíceis...como esta separação "porque tem de ser" que eu e o Luís vivemos. 
Eles sabiam que o dia de hoje é dos duros, então arrastaram-nos para fora de casa e divertimo-nos muito: a dançar, a beber, a gargalhar, a lembrar momentos antigos, aos abraços apertados cheios de querer bem.

E assim, o dia de ontem foi um dia feliz, um dia que nos ajuda a ter força para o dia de hoje. Porque rodeados de amigos, a dor fica um pouquinho mais leve...


5 comentários :

  1. E é tão bom ter amigos assim :) Que essa despedida tenha sido cheia de força e de esperança.

    Muitos beijos, Sofia! E coragem para vocês.

    ResponderEliminar
  2. E é um dia atrás do outro que se faz a vida, aos pedacinhos bons :) Força, sorrisos e felicidades!

    ResponderEliminar
  3. e vão ser todos os momentos destas duas semanas, que vão servir de combustível, para puxar a boa disposição, quando o nível estiver no ponto mais baixo. beijinhos.

    ResponderEliminar
  4. A vida só faz sentido com os que gostamos por perto... do nosso coração! A amizade é para ser celebrada sempre com alegria, uma pitada de loucura e com muita felicidade, para que assim consigamos recarregar as baterias para os dias cinzentos da vida.

    ResponderEliminar
  5. Sim , os amigos são muito importantes, são mesmo!
    E hoje...muita força!

    Bj

    ResponderEliminar