A vida prossegue

APCharlie Chaplin dizia " A vida é uma peça de teatro que não permite ensaios. Por isso, cante, chore, dance, ria e viva intensamente, antes que a cortina se feche...". É isso que tenho tentado fazer (mas tenho dias, horas... ). Como toda a gente, desconfio, há alturas em que estou muito bem, outras com uma neura" fujam todos da frente", e outras em que estou serena...Ontem, depois de uma semana, voltei à escola. Eu não costumo falar  muito das aulas, dos alunos e tal, porque este é o meu espaço de "Sofia-mulher normal" e não gosto muito de falar de trabalho por aqui. Mas eu gosto muito de dar aulas, gosto de ver crescer os meus meninos, gosto de cada dia ser diferente, gosto do companheirismo que há entre os meus colegas de trabalho. Escrevia eu que ontem voltei. E foi bom. Sentir o calor de quem nos quer bem e um dos melhores abraços do mundo: os dos alunos da minha direção de turma. Tinham saudades, estavam a contar os dias para eu voltar, sentiam-se mais sós, diziam. Eu disfarcei a emoção, falei um bocadinho do que tinha acontecido e pedi-lhes, como costumo fazer aos meus filhos, " Tenham paciência com os vossos avós, mesmo que eles perguntem muitas vezes a mesma coisa... ouçam-nos sempre, sim?".A aula continuou...verbos, está com atenção, não se esqueçam do trabalho de casa.. o costume. 
A vida prossegue, já com muitas saudades é certo, mas prossegue.



3 comentários :

  1. Um abracinho assim, do tamanho do universo.

    ResponderEliminar
  2. Temos de nos acostumar com esta ordem natural, ainda que doa :) Beijinho Sofia*

    ResponderEliminar
  3. A vida prossegue e as saudades um dia transformam-se numa memória boa!
    vidademulheraos40.blogspot.com.

    ResponderEliminar