Kit do meu benfiquista


Ontem, durante o jogo, o único benfiquista cá em casa, vibrava, comentava e, na parte final, rezava.
Eu bem lhe disse que Deus não tem clube, que os meninos do Sevilha também deviam estar a rezar e que Deus tem mais do que fazer do que estar a interceder pelos vermelhos portugueses. Ele olhou-me com ar chateado e lá continuou as suas preces.

Final de jogo, e eu tinha razão. Mas não disse nada e limitei-me a dar-lhe uns chocolates e tempo extra de Disney Channel. Para as lágrimas do benfiquista Miguel, costuma funcionar!

1 comentário :

  1. Ai o que eu gostava de não gostar de futebol… foi um sofrimento tão grande ontem e um final de noite tão triste…

    Beijinhos grandes querida

    ResponderEliminar