A minha vida como ela é #12

follow: daysuntilxmas2014.tumblr.com
Tenho quase tudo preparado para ir buscar o Luís. Anseio pelo abraço dele e sei que os meus meninos também. Contudo, e ainda mais nesta época de Natal, é impossível não me lembrar de quem vai este ano ter um Natal bem mais triste do que eu... É impossível esquecer-me da tragédia que foi o acidente que levou a Ana,enquanto regressava, feliz, do aeroporto, onde foi buscar o marido.

Sim, eu sei que tragédias acontecem, que seguir em frente é o caminho. Mas não consigo evitar que um arrepio me percorra, que as lágrimas deslizem enquanto penso no que poderei eu fazer para aliviar a dor de quem sofre, sabendo que a resposta soará sempre a muito pouco.

A minha dor é ínfima comparada com a de tantos, e acredito que momentos felizes se aproximam para mim. No entanto, e não sei se isto é idade, maturidade ou crescer, mas sei que tenho cada vez mais plena consciência do que quero: aproveitar cada momento  com quem realmente importa e com quem precisa do nosso abraço.

Desculpem este tom lamurioso que me tem acompanhado nos últimos tempos. Não é depressão. É que é mesmo assim...Continuo bem disposta, mas talvez por estar mais atenta, a alegria já não consiga ser a mesma. E mesmo por vezes tendo saudades da velha Sofia que animava as festas, tenho uma certeza: já não sou a mesma. Mas talvez seja  um pouco melhor...

2 comentários :

  1. Feliz Natal junto de quem mais amas. Beijinho

    ResponderEliminar
  2. Acho que esta época faz mais felizes quem está feliz e agrava a dor de quem sofre. O que de mau acontece nesta altura também ganha uma impacto maior e as coisas ficam dolorosamente gravadas na memória como "foi no natal". Enfim... Para si um doce e feliz natal. Bjs

    ResponderEliminar