Permanente de pestanas ou como eu faço cada figurinha!

b&w, black, black and white, black&white, eyelashes - inspiring picture on Favim.com

Tinha já há uns tempos um voucher para uma permanente de pestanas. Só o nome já me andava a assustar pois a última vez que tinha feito uma permanente foi nos anos noventa e as recordações não eram/são nada boas. Adiante.
Hoje, à hora marcada, lá estava eu prontinha e ansiosa para sair de lá com umas pestanas maravilhosas. Mas (há sempre um mas, não é?), quando a moça me começou a explicar os procedimentos e que eu tinha de ficar quinze minutos com os olhos fechados e depois mais ainda quinze minutos, eu comecei a tremelicar. Lá me deitei a medo e a moça começou os procedimentos nas minhas pestanas. A gota de água foi quando eu senti o cheiro ( embora mais suave) que me lembrou a minha permanente capilar. Comecei logo a desconfiar que não ia ser capaz, mas  respirei fundo, a tentar aguentar-me visualizando o meu futuro olhar pestanudo.
Entretanto, a mocinha simpaticamente aavisou-me que se ia ausentar só uns minutinhos,  e que eu ficasse quietinha a relaxar.

Relaxar? Não consegui. Eram os olhos que eu não podia abrir, era o cheiro do produto, era a minha mente a torturar-me: ai que já me arde um olho, ai que eu fico cega, ai isto e aquilo!
E foi então que eu fiz uma das mais tristes figuras de que tenho memória...comecei a pedir (só um bocadinho alto) que me ajudassem, que viesse alguém, que me tirassem aquilo dos olhos. A rapariga veio rapidamente e eu supliquei-lhe que parasse o tratamento, que afinal eu já não queria ser pestanuda, que eu queria mesmo era abrir os olhos e sair dali.

E assim foi. Qual raposa de rabinho entre  as pernas, pedi desculpa e zarpei dali aliviada .

Ah...e para que conste: nunca gostei tanto das minhas pestanas como agora! 

7 comentários :

  1. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar
  2. Vá-se lá perceber as mulheres... :-D Não, não me refiro a jusante mas sim a montante.
    Simplifiquemos:
    Para uma fotografia bonita, quer-se uma moldura singela e discreta para que enalteça o brilho daquela.
    Se arranjarmos uma moldura magnífica e esplendorosa, alguém reparará na fotografia?

    Com um ramo de :-) (sorrisos)

    ResponderEliminar
  3. Sofia,

    Fartei-me de rir com a peripécia!
    Acredite que era mulherzinha para fazer o mesmo!:)

    MR<3
    Blog Saga da Emigração

    ResponderEliminar
  4. Ah, ah, que giro! Fartei-me de rir!
    Mas a Sofia já é tão bonita assim, para quê estragar?
    Sinceramente, ainda bem que desistiu... lololol :):):)

    ResponderEliminar
  5. eheheh pernas para que te quero :))

    ResponderEliminar
  6. ahahahahah :-) Esta peripécia fez-me rir, mas identifico-me consigo porque já tive prestes a fazer o mesmo, mas entrei em pânico e não consegui sequer começar!!! Prefiro chegar rímel com fartura ou andar com as pestanas que tenho desde que nasci.

    Beijinhos pestanudos***

    ResponderEliminar