Uma família com esperança #19


Não desapareci. 
A vida vai correndo, com momentos mais difíceis, com momentos felizes, com rotinas, com decisões...
Por vezes tenho medo de viver/vivermos em suspenso e não aproveitar o tempo quando não estamos a quatro. Tenho procurado que isso não aconteça e  tenho tentado encontrar a felicidade nas pequenas grandes coisas: um final de tarde a festejar o Dia das Mães (obrigada, Professora Rosa), uma ida à praia, saborear uns morangos deliciosos,um passeio de bicicleta, ler uma revista, tratar dos meus vasos de lavanda e jasmim...

A vida prossegue, o tempo não para (mesmo já não tendo acento) e eu já sei o lema de cor e salteado: respirar fundo, creme perfumado no corpo, sorriso no rosto e agradecer sempre.


1 comentário :

  1. É preciso ter sempre muita calma e muita ponderação.
    FORÇA !

    ResponderEliminar