Da felicidade...


Morar numa aldeia não são só facilidades: ter que fazer quilómetros para ir levar/buscar os miúdos às atividades, precisar de levantar dinheiro e ter que pegar no carro, etc e tal. Contudo, ter laranjas à porta e rosas silvestres à mão de semear...trazer estes cheiros cá para casa, faz-me feliz.
E, ser feliz com pouco aprende-se. Não sei bem como, mas um dia, damos por nós a olhar parar as pequenas coisas, a sorrir para nós e a sentirmos felicidade.

É da idade? Pois, talvez.

5 comentários :

  1. Sem dúvida que poderá ser da idade: com ela vem mais sabedoria ;-)
    Fruta e flores, sabor e aromas, e cor... muita cor! E com pequenas coisas sentimos realmente o sabor e o aroma da felicidade.


    Com um ramo de :-)

    ResponderEliminar
  2. A idade ajuda, mas é também a essência de cada um. Também encontro o prazer das e nas coisas simples!
    Um fim de semana feliz! :-)

    ResponderEliminar
  3. Talvez seja da idade, começamos a apreciar o que realmente é importante, as pequenas coisas que são tão grandes :)
    Eu também moro no campo, e desde jovem que gosto de ir à noite, ao quintal, de lanterna na mão apanhar laranjas para de seguida as comer. Eu sei, poderia fazer isto de dia mas de noite, tem outro encanto.

    ResponderEliminar
  4. Eu amo as aldeias, prefiro-as as confusões das cidades :))

    ResponderEliminar
  5. Obrigada pelos comentários:) Beijinhos...

    ResponderEliminar