A minha vida como ela é..

Quando me sinto um bocadinho mais em baixo ou mais triste, a minha mente viaja, inevitavelmente, para Angola. 
Em Angola eu vestia o que me parecia mais confortável, colocava apenas creme e protetor solar no rosto, observava e comovia-me muito, o tempo nunca me faltava, lia até me apetecer e, sempre que revejo as fotos, noto em mim um sorriso sereno que me apazigua. 
Estive apenas dois meses em Angola, mas a experiência marcou-me tanto que é para lá que viajo sempre que preciso de fazer as pazes comigo mesma...









Sem comentários :

Enviar um comentário