Eu e a moda masculina - contradições minhas...

Resultado de imagem para weheartit.com george clooney

Desde novinha sempre gostei de estar a par das tendências e nunca tive muito medo de arriscar. Claro que com a idade (ai esta frase) fui ficando mais clássica, escolhendo o que penso que me favorece e arriscando em novas tendências cada vez menos.
Quem me segue aqui no blogue sabe que eu gosto de moda e ponto. Contudo, quando o assunto é moda masculina, a situação muda muito. A verdade é que, quanto aos aspeto dos homens, eu sou muito conservadora.

Um psicólogo talvez explique isto, mas eu não sei a razão.  A verdade é que gosto decamisas clássicas ( lisas, risquinhas ou quadradinhos...), detesto calças curtas e descaídas, só gosto de jeans clássicos ( os Levis 501 continuam a ser os meus preferidos), odeio fatos de treino completos, não gosto de camisolas justas nem com frases duvidosas, também não sou fã de grandes logos estampados e abomino mesmo certos cortes de cabelo.
Contradições minhas. E não é da idade...sempre me lembro de adorar  ver rapazes de camisa (ou polo no verão), de sapatilhas ou sapatos de cores clássicas... Quanto a mim, eu podia calçar Doc Martens, usar calças com rasgões (que ainda gosto), arriscar num vestidinho ou nuns sapatos.

Eu sei, as mulheres não são fáceis de entender...Eu sou uma delas!



Ah...e mais umas dicas minhas:
- Nada de pintar cabelo;
- A calvície é para assumir (nada de risco ao lado a esconder a careca);
- As unhas devem estar sempre limpas;
- Se gostarem de t-shirts, optem por tons neutros;
- Cuidado com as meias.



Sem comentários :

Enviar um comentário