Quem é que precisa de se sentir (mais) bonita?


Por vezes apetece-me ficar mais tempo na cama, vestir a primeira coisa que me aparece, lavar apenas cara e dentes e sair assim. Raramente (acho mesmo que quase nunca ) o faço.
Limpo a pele, hidrato-a, dou uma corzinha com o blush, amacio os lábios com batom e visto algo que me faça sentir bonita...Muitas vezes, basta um colar, um lenço...

Aviso já que não sou uma mulher com uma autoestima elevada. Pelo contrário. Desde nova que sempre achei as outras mulheres muito mais bonitas do que eu...Depois fui amadurecendo, aprendi a cuidar mais de mim e quando iniciei este blogue, tomei a decisão de que iria envelhecer da maneira mais bonita que conseguisse ( e isso implica ser mais linda por dentro e por fora).

Assim, aos quarenta e seis anos, sou hoje uma mulher que cuida mais do seu eu: tento ser a cada dia uma pessoas melhor, valorizo mais os momentos de felicidade e partilha, agradeço mais... Por fora, também mudei: tento cuidar mais do meu corpo, tento ter uma aparência que me faça sentir bem quando me vejo ao espelho, não visto a primeira coisa que está no armário, tento não esquecer um toque de cor no rosto e o sorriso...

Muitas pessoas podem achar isto tudo conversa fiada e futilidades. Eu não penso assim. Eu sou a prova que, aos quarenta e seis, nos podemos sentir mais bonitas e gostar mais de nós do que do que aos vinte anos... Acreditem. Façam-no por vocês. Vai valer a pena!

1 comentário :