Sete anos de blogue e o meu primeiro post...

Madrid, janeiro 2010

Há sete anos eu publiquei o meu primeiro post. Acho que eu era mais redondinha, mais sonhadora, mais alegre e descontraída, menos mulher talvez... Tinha 39 anos e estava receosa do 40. O nome foi uma brincadeira entre "Gira" adjetivo e " Gira" do verbo girar. Autoestima elevada nunca foi o meu ponto forte.
 E sete anos passaram. 
Estes quase sete anos na casa dos quarenta fizeram-me viver dos momentos mais difíceis que tive ( e em apenas três anos morreu o meu pai, os meus tios, a minha amiga Ana, o Luís esteve em  Angola...), mas também vivi momentos muito felizes... Vi os meus filhos crescerem saudáveis, aprendi muito ao conhecer novos países e pessoas (Angola ficará para sempre no topo da lista), consolidei amizades, passei a ajudar mais quem precisa, comecei a valorizar o que realmente importa...

Acima de tudo, o meu blogue nunca se transformou num espaço que me envergonhe. Continuo a escrever de forma clara e verdadeira (mas não conto tudo), procuro ser honesta e mostrar um pouco da vida de uma mulher normal, que vive numa aldeia,  que tem dois filhos e uma cadela, que tem dias que se olha ao espelho e pensa que está muito bem e outros em que se sente muito cansada para fazer algo por si.

Sou, por vezes, reconhecida na rua (e no Shopping) e fico feliz por as pessoas virem ter comigo e dizerem que gostam do que lêem. Coro até à raiz do cabelo, sorrio e,  se não estiver demasiado envergonhada,  gosto de abraçar as pessoas. Como se assim abraçasse cada leitor que me acompanhou, que me deu força quando mais precisei, que me fez sentir que das melhores coisas que eu aprendi nestes sete anos é que realmente vale a pena gostar de nós e dos outros.
Obrigada. Mesmo. 

E, para quem quiser recordar o tesourinho...

4 comentários :

  1. Tanto que eu queria ver.beijinhos .

    ResponderEliminar
  2. Que o teu blogue continue a ser um espaço onde possas ser sempre tu. Fiel a ti mesma. Parabéns pelo sucesso, pela naturalidade da escrita, pela genuinidade dos posts.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada. Um abraço apertado, sim?

      Eliminar