...

Há dias, como o dia de hoje, em que sinto que não tenho nada de novo para escrever no blogue.
Há dias, como os de hoje, em que quase juro que não volto a escrever mais nada por aqui.

O que vale é que o dia de hoje é só um. Amanhã passa.


7 comentários :

  1. Sofia :)

    Há dias que merecem ser vividos na doce poesia do silêncio

    E, depois, há os outros!
    Esperamos por si nesses "outros", com a amizade dos dias ausentes e dos dias presentes, nos quais, certamente, terá algo mais a dizer! Assim haja inspiração! :)

    Um beijinho,
    Cris

    (leitora desde Junho de 2010 - o que não é coisa pouca! :) )

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada, Cris❤️
      Nem imagina como gostei do que escreveste. Beijinhos

      Eliminar
    2. Sempre por aqui, Sofia! <3

      Um beijinho!
      Cris

      Eliminar
  2. Bom dia,
    nunca comentei por aqui mas gostaria de lhe dizer que é dos blogs onde gosto de passar todos os dias...
    Escrita leve, despretensiosa e afável!
    Continue assim.
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  3. Há dias em que o ovo parece infecundo.
    E, afinal, com um pouco mais de tempo, revela-se um milagre de creatividade.
    BFS.

    ResponderEliminar
  4. Espero por ti sempre!!! Não desistas como vês há tanto à tua espera :)

    ResponderEliminar