Fintar o medo-parte II (The Cavern e Imagine)


Quem me segue no Instagram (aqui) já sabe que temos estado em Widnes, uma cidade inglesa entre Liverpool e Manchester.
Voámos para aqui no dia seguinte aos atentados de Barcelona e o assunto veio à baila algumas vezes (notava-se muito policiamento nos aeroportos). Ontem, passámos o dia em Liverpool e eu reparei que, pela primeira vez,  os meus miúdos tocaram no assunto terrorismo- " E se...".

Confesso que, também a mim, e por segundos, o medo me gela por vezes um bocadinho o sangue. Ontem, por exemplo, ao descermos os quatro para o The Cavern, o mítico bar onde começaram os Beatles, por instantes também eu pensei " E se...". Contudo, mal desci os quatro lances de escada e entrei, ouvia-se "Imagine" do John Lennon. E o medo passou. E eu sei que tem mesmo de passar.

Nota: talvez alguns dos que me lêem achem que o The Cavern não é propriamente um lugar para miúdos, mas eu e o Luís achamos que eles tinham de ir. Antes aproveitamos para lhes falar dos Beatles (de quem nada sabiam até terem vindo a Liverpool em maio),  da mensagem de paz associada a John Lennon e ouvimos canções como esta que vos deixo e que, no mundo de hoje, parece fazer cada vez mais (menos?) sentido.




  Nota: no The Cavern os miúdos podem entrar até às 20 horas.

Sem comentários :

Enviar um comentário