A correr...



Dia de sol, dia de tanta coisa...hoje, o meu petiz mais velho foi participar numas provas desportivas promovidas por uma associação local em conjunto com algumas escolas do 1º ciclo - lançamentos, corridas, salto em comprimento... Depois de mais de quatro horas num estádio, estávamos todos a ficar cansados e eu com uma vontade doida de regressar ao ninho. Perguntei-lhe se não estava farto, se não queria ficar por ali. Respondeu logo que não, não podia sair, tinha que correr na corrida de resistência. E eu com o coração apertado a lembrar-me de quando eu era miúda e o meu professor me dizia que eu tinha de correr, e eu a ficar cansada, com a " dor de burro" a importunar-me, a ser ultrapassada, a não querer ficar nos últimos lugares, a ficar nos últimos lugares e a ter tanta vergonha... 
Insisti então novamente para regressarmos a casa, que ele já tinha corrido muito, mas ele insistiu... que tinha de fazer as provas, que queria participar na corrida de resistência e a ocupar lugar na pista... Eu só apertava as mãos e via o corpinho dele franzino misturado no meio dos colegas... E o tiro de partida soou e ele, com as suas passadas certinhas ( tais como ele é), a ser ultrapassado por quase todos... E eu desesperada, a não querer que ele sofresse por ficar em último, mas depois os outros cansaram-se de tanto sprint e ele continuou concentrado com o seu passo certinho ( pois, como ele). Não ganhou a corrida, mas ficou longe dos últimos e eu suspirei de alívio! Mal chegou ao pé de mim vinha felicíssimo, com os olhos brilhantes. E eu toda orgulhosa do meu petiz  pensava em como era bom que o meu filhote gostasse assim de correr só por correr...  e no fundinho do meu coração estava tão contente por ele não ter saído a mim:)

1 comentário :