O meu casaco




Quando estão estes dias chuvosos, chego a casa e qual a primeira coisa que faço... ir procurar o meu casaco cor-de-laranrosa, já que não é cor-de laranja nem cor-de rosa, é assim de uma cor, como diria a minha vizinha, cor " do burro quando foge"... Depois de descalçar os saltos, visto o meu casaco de estimação e sinto-me outra...Mas, a verdade é que toda a gente detesta o casaco...o meu rapaz já me disse de mil e uma maneiras " podias vestir um meu, tens tantos outros casacos que não usas...", uma das minhas grandes amigas já me disse tantas vezes que eu tinha de deitar o casaco fora, que ele estava cheio de borbotos, que temos de andar giras não só na rua mas, eu NÃO consigo! Há quinze dias esteve mesmo para ir para o lixo ( pois, ele está tão velhinho que já nem dá para dar a ninguém) mas depois lavei-o (pela milésima vez) e não resisti...vesti-o outra vez! A verdade é que ele é quentinho, tem as minhas formas e quando eu o visto sinto-me confortável, quentinha, em paz... Eu sei que ele está velho, feio, gasto, talvez me faça ficar até com um ar desmazelado, mas é o meu casaco, o que verdadeiramente me aquece a alma. Este só o troco se vierem cá buscá-lo a Stacy e o Clinton do " What no to wear"!



2 comentários :

  1. Também tenho roupa de estimação.. como uma tshirt que tenho desde os 14 anos :D

    ResponderEliminar
  2. E não temos todos uma peça que nos faz sentir "verdadeiramente em casa"?
    beijo grande

    ResponderEliminar