Voltou


O meu petiz, o meu menino, o meu fofinho, o meu bebé de nove anos voltou. No sábado de madrugada, quando se despediu de mim, já sabendo como sou eu e os meus avisos, antecipou-se e disse-me enquanto eu lhe compunha o lenço de lobito: " Não te preocupes, mãe. Eu volto vivo." Claro está que fiquei emocionada  e o meu coração e a minha mente não tiveram descanso enquanto não lhe pus a vista e os abraços em cima. A verdade é que vivo neste dilema "  deixá-los voar/ e se acontece alguma coisa". Eu mando-os abrir as asas, quero que eles voem, mas tenho tanto medo...
Dilemas à parte, o que interessa é que o ninho agora está completo e eu estou muito feliz porque vi que ele voltou  feliz e, parece-me, mais certo do que nunca que o melhor de partir é sempre... regressar!

5 comentários :

  1. Nunca vivi esse sentimento enquanto mãe, que ainda não sou, mas sim enquanto filha! E se quando era pequena detestava que não me deixassem ir a certos sítios, hoje compreendo perfeitamente esse receio!

    Beijocas*

    ResponderEliminar
  2. Como te compreendo! ... mesmo.
    O meu nicho também voltou a encher hoje ao final do dia :) Já os tenho todinhos de volta ao meu regaço
    Gosto muito deste mundo de empatias que não se explicam, que se sentem, mesmo quando não temos o receptor da pele a ajudar a interpretar sensações de simpatia/empatia entre duas pessoas ... sinto isso por ti!
    Gosto mesmo muito de cruzar apontamentos das nossas vidas de mães e mulheres por aqui
    beijinhos muitos

    ResponderEliminar
  3. * claro que por nicho deves entender ninho :)
    (ai as pressas!)

    ResponderEliminar
  4. Entendi, entendi!
    Bj grande

    ResponderEliminar
  5. Eu acho que vou ser terrível quando tiver filhos :/ Ou então vou ter que mudar muito!!
    Tenho um medo enorme do que possa acontecer sempre que não estiver por perto...

    Mas claro que eu adorava essas saídas dos escuteiros, e ficava contente por os meus pais nunca me impedirem de ir :) Mas ficava ainda mais contente quando eles apareciam nos acampamentos pra matar as saudades :p

    ResponderEliminar