Dor que dilacera

E são estas notícias que nos assustam e nos fazem relativizar tudo.

13 comentários :

  1. Assim de repente?! :( :( :(

    ResponderEliminar
  2. Fiquei em choque...não sei que é o Paulo Costa, mas sinto muito a perda dele...como é possível? Assim numa questão de horas?! Realmente preocupamos-nos com as coisas erradas. Há que relativizar mais.

    ResponderEliminar
  3. Não imagino o que esteja a sentir :(

    ResponderEliminar
  4. Uma noticia que realmente nos faz relativizar tudo... Uma noticia que nos deixa literalmente transtornados... Numa questão de horas perder algo que nos é de extrema falta... Não acredito como tal pode acontecer... E não imagino a dor desse pai e dessa mãe... Não imagino como será possivel aceitar tal coisa,e continuar a acreditar que tudo acontece por uma razão... Estamos mesmo de pernas para o ar...

    ResponderEliminar
  5. Nem consigo imaginar... deve ser a pior dor do mundo.

    Beijinhos grandes

    ResponderEliminar
  6. Nem teve tempo para lutar... sem palavras :(

    ResponderEliminar
  7. Não tinha conhecimento da "partida" do filho do Paulo Costa. Realmente este tipo de noticias (triste) faz-nos relativizar muitas coisas. E aconteceu tudo tão de repente. São situações a meu ver inimagináveis...

    Não consigo ficar indiferente... :(

    ResponderEliminar
  8. olá Sofia, também já tinha visto a triste notícia e o meu coração ficou apertadinho.

    beijinhos

    ResponderEliminar
  9. Já tinha visto a notícia e fiquei arrepiada e completamente sem palavras. Não imagino a dor, não imagino o sofrimento, não imagino como se supera isto depois.

    ResponderEliminar
  10. Estou arrepiada na pele e no coração! Não consigo imaginar ... não quero imaginar.
    É impossível ficar indiferente perante um email escrito com tanto amor e tanta dor.
    Beijo grande em ti

    ResponderEliminar
  11. MEU DEUS mesmo (tb postei o mesmo) nem consigo imaginar. Beijinhos SOfia, e que deus nos livre de tamanha DOR !

    ResponderEliminar