Pois foi assim...



Muito frio em Viseu e já regressei a casa. A verdade é que eu gosto de Viseu e a família do rapaz também é a minha família. Mas são famílias tão diferentes...A minha é uma família grande  e ruidosa e o Natal cheira a aldeia. A do rapaz é uma família pequena, onde se fala mais baixinho e passa-se o Natal no sossego de um apartamento...
Sempre que o Natal não é em nossa casa, e aí juntamos as famílias, alternamos entre consoar num sítio e almoçar no dia 25 no outro. Custa-me sempre muito deixar os meus. Custou-me este ano meter-me no carro no dia de Natal para ir almoçar longe da minha metade-família.
Mas há coisas que têm de ser. Há momentos em que temos de ceder. E o Natal não é, definitivamente, tempo de ser egoísta...

14 comentários :

  1. Pois, estas coisas são sempre chatas, termos que nos dividir entre a nossa família, e a família deles...mas tem de ser, faz parte do pack viver com outra pessoa! Vão se fazendo cedências!

    Felizmente o meu marido facilita imenso!

    Beijinhos grandes e continuação de boas festas ***

    ResponderEliminar
  2. Porque achas que me queixo tanto do frio? Agora já sabes :)
    Este ano também tive que me dividir, custa sempre...

    ResponderEliminar
  3. Há que dividir o mal pelas aldeias como se diz! O importante é passar um bom momento junto de quem gostamos e cedências passa por aí... ;)

    Beijo

    ResponderEliminar
  4. Viseu é a terra do meu ex-marido. Aprendi a gostar de cada bocadinho. Sempre foi uma cidade que me recebeu, apesar de fria, com muito calor.
    A divisão custa, custa muito, mas haverá maior sinal de amor do que ceder?

    beijinhos e boas entradas!

    ResponderEliminar
  5. No casament tem sempre de haver cedências, mas concordo contigo.. esta custa sempre mais!
    Que lindos os teus meninos!

    ResponderEliminar
  6. Este Natal também foi o primeiro que estivemos longe dos pais dele, acho que me custou mais a mim do que a ele.
    Que saudades de Viseu....

    ResponderEliminar
  7. É mesmo assim, as pessoas têm de se dividir entre uma família e outra...os teus rapazes estão mesmo crescidos:) bj!

    ResponderEliminar
  8. Imagino que custe a separação mas, depois de lá estares também deve ser bastante bom. Mau mesmo, só mesmo este frio de rachar.
    Bj**

    ResponderEliminar
  9. É mesmo difícil gerir essas coisas... Felizmente só me aconteceu um ano, a partir daí é sempre tudo e todos cá em casa!

    bjo

    ResponderEliminar
  10. No próximo ano estarás com os teus no dia de Natal. Quando nos casamos, não nos casamos só com eles, não é?? A família também faz parte e para haver harmonia entre todos tem de haver organização. Eu não tive de ir para longe e custou-me imenso não ter passado o Natal com os meus. Mas depois compensámos no dia 25!

    ResponderEliminar
  11. Também eu me tive de dividir e o meu coração ficou apertadinho...Bjo

    ResponderEliminar
  12. Eu gosto muito de Viseu, os meus pais são de muito perto e todos os anos caminhava para lá.

    Beijinhos grandes

    ResponderEliminar
  13. Demasiado gelo... :S

    Beijooo*****

    ResponderEliminar
  14. Querida Sofia, porque o Natal também é ceder ;)
    Beijinhos :)

    ResponderEliminar