Menina não entra?

Quando os casais se juntam, acontece muitas vezes as raparigas irem conversar para um lado e os rapazes para o outro. Eu acabo sempre por invejar as conversas deles. Parece que as nossas conversas acabam sempre por ser mais fúteis e as deles muito mais divertidas. Parece que nunca nos conseguimos desligar do nosso interruptor que nos monitoriza para estarmos no nosso melhor. Parece que somos mais ocas. Atenção, parece... Acho que é uma capa que nós colocamos para nos protegermos das nossas fragilidades e a mim, infelizmente, muitas vezes, serve-me  na perfeição. 
Sempre que acaba uma noite de conversas, eu fico sempre a pensar " Raios, eu queria era participar nas conversas deles!" Eu tento, mas às vezes sinto-me a Luluzinha a tentar entrar no clube do Bolinha!


E, já agora, ando por terras de Viriato, e adoro estas pessoas. Sangue beirão, sangue bom!
( e a quantidade de lojas que há para aqui...)

11 comentários :

  1. O que acho mais admiravel são os homens que participam e têm paciência para ouvir conversa de mulher! ;)

    ResponderEliminar
  2. por acaso tens toda a razao...gostei de ler =)

    Maria

    ResponderEliminar
  3. Verdade, também prefiro o lado deles e sempre que posso fujo para lá;)
    Bjokas e bom fim de semana

    ResponderEliminar
  4. Para a semana vou eu para essas terras :)

    ResponderEliminar
  5. o interesse das nossas conversas tem como finalidade única chamar as raparigas :P

    ResponderEliminar
  6. Adorava :)) Temos que combinar!

    ResponderEliminar
  7. Excelente observação! Sinceramente, não acho piada nenhuma quando essas divisões são constantes... Então? Homens e mulheres não conseguem conversar em conjunto? Eu acho que sim, até porque os assuntos não têm "género", são assuntos...

    Boa continuação por as terras de Viriato, que também são um bocado minhas!

    bjo

    ResponderEliminar
  8. Eu já tenho dado por mim a "descambar" as conversas das raparigas ;) Mas isso quando não fico num canto, apenas a sorrir e a fingir que ouço...
    Bjsss,
    Madalena

    ResponderEliminar
  9. Olh'á Luluzinha e o Bolinha :DDD
    Obrigada querida Sofia, por me lembrares de algo que eu gostava TANTO em criança e que o tempo já se tinha encarregue de me fazer esquecer!

    Quando os amigos se agrupam por géneros, tenho tendência para, ao fim de algum tempo, desbandar para o grupo dos homens cujas conversas são, muitas vezes, mais interessantes.

    Bjinho**

    ResponderEliminar