A rotina é tramada...

Tumblr_l028jnig5g1qbprooo1_500_large
Como tenho o Cartão Fast Galp Woman, sempre que ponho gasolina, no início do mês, recebo gratuitamente a revista Happy.
Só que parece que já falta um bocadinho de originalidade a um tema que não é nada original
"Como quebrar a rotina...como apimentar a sua relação...". Atenção, eu sei que o tema é útil e que nos pode dar umas ideias de como ser mais HAPPY, mas, a cada mês, parece que a rotina se vai instalando nos temas da própria revista.
Isso, ou então sou só que que estou com a neura...

20 comentários :

  1. Primeiro pensei: "woowo, tenho de adquirir o cartão fast galp woman!".

    Depois pensei: "quantos litros tem de se abastecer para ter direito à revista Happy?"

    E ao mesmo tempo pensava: "tens razão..a rotina instala-se numa revista qe no início era diferente de todas."

    *

    ResponderEliminar
  2. Concordo...já não inspira "aquele" interesse...

    ResponderEliminar
  3. É a falta de imaginação!

    ResponderEliminar
  4. Eu antes comprava sempre a Happy mas deixei de comprar porque é sempre mais do mesmo.
    Bj**

    ResponderEliminar
  5. Joaninha,
    é sempre gratuita, não importa a quantidade de litros.
    Bjs

    ResponderEliminar
  6. Cheguei a comprar um ou dois números há bastante tempo. Mas as capas começaram a enervar-me: rapariguinhas doentiamente magras, irreais; mais do que a roupa ou a produção, o que sobressaía era o esqueleto. Sempre que dou uma olhadela (nas filas dos supermercados), penso como tu: os conteúdos repetem-se...

    bjo

    ResponderEliminar
  7. Eu já desisti de comprar essa revista. Sempre que comprei arrependi-me. É sempre à ase de dicas para apimentar a relação ou testemunhos (duvidosos) de pessoas que tem comportamentos sexuais no limite...Enfim.
    Bjos

    ResponderEliminar
  8. Também não compro a Happy actualmente, já não tenho pachorra.

    No início achei interessante e até comprei 2 ou 3 vezes, sobretudo por trazer muita sugestão de moda vestível e acessível (i.e., de marcas que se encontrem em Portugal e a preços minimamente razoáveis...). Já os conteúdos de 'sexo', confesso que os achava um bocado exagerados... e pelos vistos não mudou muito...

    ResponderEliminar
  9. Eu cá acho que eles escrevem sempre sobre o mesmo, por isso agora só leio de vez em quando!

    ResponderEliminar
  10. eh eh tens razão.. a revista parece repetir os mesmos temas! Prefiro a Máxima que tem sempre artigos sobre mulheres que se destacam nas artes, nos negócios, etc.

    ResponderEliminar
  11. Não compro a revista mas o que tenho ouvido é precisamente isso, os temas são muitos semelhantes meses após meses. Um dia mais tarde vamos ver os resultados disso...

    ResponderEliminar
  12. Infelizmente tens razão, já fui fã dessa revista e fui muito feliz a usar os seus vauchers ;)

    ResponderEliminar
  13. Raramente leio essa revista, mas tenho noção de que os temas andam muito à volta do mesmo...e por vezes são um pouco absurdos!

    Sofiazinha, tão bom ler as tuas palavras! És um doce!

    Beijinhos

    ResponderEliminar
  14. Não gosto da Happy, prefiro a Lux Woman e a Máxima.
    Beijinhos
    http://melminho.blogspot.com/

    ResponderEliminar
  15. Eu gosto tanto da Happy... Gosto das fotos, das roupas e dos artigos que abordam temas pouco comuns nas revistas tradicionais. Sim, abusam no sexo e tudo o que esteja relacionado mas até acho engraçado.
    Beijocas minha querida e espero que estejas bem.

    ResponderEliminar
  16. Não gosto da Happy. As vezes que comprei foi por causa dos descontos nos hotéis.
    Podem chamar-me antiquada, mas a infidelidade como caminho para a felicidade não é a minha filosofia de vida.
    Os temas são repetitivos. Há sempre publireportagens sobre o mesmo. As imagens de extrema magreza e ar infeliz não fazem o meu estilo.

    ResponderEliminar
  17. Eu ja comprei mais que uma revista Happy mas realmente...aquilo é sexo e dieta lev e dieta lev e sexo...e nem sequer é assim em volta de temáticas mais quotidianas, é mais do tipo: onde ha as melhores festas de sexo, onde encontrar um homem por uma noite....bahhhhh

    :)

    ResponderEliminar
  18. Nunca gostei da revista Happy, li alguns dos primeiros números e sinceramente já na altura achava-os um pouco "mais do mesmo", apesar de ler números salteados.
    Nunca fez muito o meu estilo de revista!!

    bjs

    ResponderEliminar
  19. Não é neura...é a realidade!Mas como é gratutito não nos podemos queixar muito.
    O bom na Happy são os descontos em restaurantes e algumas lojas.
    Adoro o seu blog.

    http://twopoppyseeds.blogspot.com/

    ResponderEliminar
  20. Acho que a Happy já não é para mim... há poucos temas de interesse para uma quarentona e depois é só publicidade e mais do mesmo! Não é neura... é mesmo verdade. Espreito a revista no FB e fico a par das novidades que mais gosto! :)
    Parabéns pelo seu blog... a net permite-nos conhecer outras mulheres parecidas connosco! :)

    ResponderEliminar