E pronto. A custo já começa a parecer que vem aí (mesmo) o Natal!

Foi hoje. Só hoje consegui ir buscar as decorações de Natal. Os rapazes achavam que até já tinha passado a data oficial e queriam enfeitar a casa. E tinham (têm) razão. Lá começamos com as decorações e os meus planos iniciais foram completamente rejeitados. Na verdade, eu apetecia-me uma árvore com decorações em tons de branco, simples e apenas com mensagens de Natal que nós cá em casa iríamos escrever. 
Ideias de mãe completamente rejeitadas. Pois que uma árvore tem de ter luzes coloridas, e bolas douradas, e mensagens dá muito trabalho, e tem de ter uma bola vermelha cor de sangue ( e cheira-me que o Benfica aqui está metido ao barulho). Eis então um pormenor.


Mas a empreitada das decorações de Natal nada está nada fácil. Eu ando apardalada no meio dos enfeites (à procura do Natal, Sofia?) e eles apoderaram-se deles e estão maravilhados com o resultado.

Eu é que não sei o que diga...ou faça. A primeira reação foi dizer que nem pensassem, mas depois lembrei-me do Diário de uma Nanny e do que o Grayer sofreu por a mãe só autorizar decorações xpto que combinassem com a cor da sala...

Para já fica assim, mas depois de almoço, já com as energias repostas, vou ter de ter uma conversas com eles. Algo que inclua expressões como "gosto duvidoso" e " as fitas fazem mal à saúde das pobres plantas". Acho que vai ter mesmo de ser:).





4 comentários :

  1. Adoro as portadas da tua casa :)

    ResponderEliminar
  2. O Natal é essencialmente uma época de compreensão e carinho: deixa os meninos colocarem os enfeites onde melhor lhes parecer.

    ResponderEliminar
  3. Ahahahah! As concessões que uma mãe se vê obrigfada a fazer :)
    Gostei muito do 'post'!

    ResponderEliminar
  4. Olá, isto das arvores tem muito que se lhe diga. Vi uma num blog que me encheu as medidas, se quiser espreitar é: http://brutus-invictus.blogspot.pt/
    eu adorei!!
    feliz natal
    beijos
    angela

    ResponderEliminar