Viver o Natal em 2012



Lembram-se de eu ter falado no presépio que o Miguel precisava de levar para a escola? O nosso foi este, inspirado neste, que as ideias por aqui não abundam... E, como podem ver, devidamente atualizado com o que diz o Papa- não há burro nem vaca (o que até deu jeito porque não são fáceis de fazer:).

Pois, mas se têm reparado, aqui a moça não tem andado com muito mood para o Natal que se avizinha. Não é para me estar aqui a armar em Madre Teresa, mas a verdade é que quando à minha volta há tantos acontecimentos que me apertam o coração, eu não consigo pensar em presentes, não consigo sentir a alegria no ar e nem me apetece ouvir música de Natal. Ando triste, confesso.
Ver à nossa volta familiares próximos a ficarem sem emprego ou sem receberem há meses, saber que há tantas crianças que continuam a ir almoçar à minha escola e a levar comida para o jantar porque é a única maneira de terem algo para comer (e ainda bem que há esta solução), ver tantos adultos sem esperança no olhar, ter receio pelos meus colegas e pelo 2013 que aí vem. É difícil ficar imune. 

Ontem, numa reunião de Conselho Geral, eu não conseguia parar de chorar e não acho que seja depressão. Acho mais é porque me sinto impotente, não sei o que fazer mais para ajudar e não consigo ser verdadeiramente feliz quando tão perto há pessoas a sofrerem tanto... 
Por isso, o Natal este ano por aqui vai ser muito sóbrio, com pouquíssimos presentes  (mas com muitos abraços sentidos), sem exageros na comida e a pensar (muito) mais nos outros.
Não é que eu seja melhor do que ninguém (tenho carradas de defeitos e muitas vezes sou egoísta), mas agora, neste dezembro de 2012, esta época de festas que aí vem vai ser vivida assim...



4 comentários :

  1. Ando assim também Sofia.
    Vamos é dar amor e paz e tentar fazer o nosso melhor pelos que nos rodeiam.

    Um beijinho

    ResponderEliminar
  2. Aproveito para desejar um FELIZ NATAL e um excelente 2013.

    ResponderEliminar
  3. Domingues António21 dezembro, 2012

    Minha linda, verifico uma vez mais que és linda! Como sempre aliás!
    Festas simples mas cheias de saúde para todos vós!

    ResponderEliminar
  4. Quando ficar triste pense na seguinte frase: "Nada acontece por acaso". Se Deus coloca uma dificuldade na vida de alguém ou na vida de uma nação, tem uma razão de ser... veja o lado positivo, a mentalidade dos portugueses está mudando, há menos desperdícios de alimentos e as pessoas passam a dar mais valor as coisas né? Mas essa maré vai passar, isso é só uma tempestade! bjs bjs....

    ResponderEliminar