Angelina

Large

Pode-se dizer que para ela foi mais fácil porque tem acesso aos melhores médicos, hospitais e etc e tal.
Mas ninguém pode deixar de considerar a Angelina Jolie uma mulher muito corajosa.
Quanto a mim, hoje, ela ficou ainda mais bonita.

6 comentários :

  1. Em Portugal, também se pode fazer, pelo SNS! ;)

    ResponderEliminar
  2. acho que quem tem filhos faria o mesmo sem pensar! Fazemos tudo por eles!!

    ResponderEliminar
  3. concordo contigo! Com mais ou menos dinheiro, a preocupação e trauma deste tipo de cirurgias é sempre uma dura realidade!
    bjs

    ResponderEliminar
  4. Sinceramente, a minha primeira impressão foi a mesma. Fiquei espantada e achei-a extremamente corajosa.
    Agora, depois de pensar sobre o assunto, não consigo perceber quanto disto é capricho de uma mulher que pode fazer o que quer. Tudo bem, tem probabilidade de vir a desenvolver. Mas probabilidade não é certeza. O que fará ao útero? Histerectomia? Fará o quê se tiver probabilidade de cancro nas orelhas? Deita fora também?

    Catarina Roque

    ResponderEliminar
  5. Deixo-vos o meu testemunho: tive cancro da mama, fiz cirurgia conservadora (tira-se só o tumor) e mesmo assim perdi sensibilidade no braço e na mama, a minha vida sexual mudou, enfim, fisicamente foi e é mau. O médico propôs-me fazer o teste para ver se tenho a tal "anomalia" genética. Recusei. Não quero saber: sou mãe de uma filha e não quero nem permitirei que eu e/ou ela vivamos atormentadas com o que poderá acontecer.
    Acho que coragem é viver com o que temos. Mutilar-me hoje em nome do que pode (ou não) acontecer amanhã parece-me bárbaro.

    ResponderEliminar