A propósito dos meu mural de lamentações...


Eu leio com muita atenção todos os comentários que me deixam e há alguns que nos arrebitam, nos obrigam a levantar (e até a pegar na esfregona:)!
 Obrigada, Luísa Barbosa. Fique por aí e puxe-me as orelhas de vez em quando ( mas devagarinho, sim?).


"Ora ainda bem que há skype e outros meios !! Sou ''velhota'', sua leitora, e sou do tempo em amargávamos a perda de irmãos e namorados, ou na guerra ou na clandestinidade, e víamos as mães morrer de desgosto pelos filhos que partiam - a minha ia morrendo - e digo-lhe que, isso sim, foi um verdadeiro martírio. Hoje, temos netos lá fora, amigos lá fora, filhos na diáspora, e vemo-los crescer no Skype. Há dias a filha da minha empregada, na Ucrânia, tinha de ir à rua com urgência e não sabia como fazer, pois tinha o bebé de 2 meses com ela. Teve de o deixar e combinou com a mãe que ficasse a ver via skype e se houvesse novidades que a chamasse por telemóvel. Cuidar do neto a 4500 km de distância ! Vê como hoje é fácil ? Não seja vidrinho, porque vai precisar de muita mais coragem nos anos que ainda lhe falta viver! Nem calcula como tenho razão! Poupe-se, levante a cabeça, e agradeça a saúde, o emprego, os filhos e o marido ( e já agora os amigos) que tem. As saudades só ajudam! Pode crer. Luísa Barbosa "

7 comentários :

  1. Uma grande experiência de vida e um belíssimo conselho. Gostei muito de ler, obrigada pela partilha.

    ResponderEliminar
  2. maravilhoso! obrigada luisa, e obrigada sofia pela partilha.

    ResponderEliminar
  3. É verdade :) Mas sei que é difícil, Sofia, e admiro muito a sua coragem. Muitos beijinhos

    ResponderEliminar
  4. Uma grande verdade querida mas, sabes que é difícil e independentemente de tudo o resto a verdade é que sentimos de uma forma super intensa o que é connosco.

    No entanto és uma mulher maravilhosa e vais com certeza ultrapassar tudo e ser imensamente feliz.

    Beijão enorme

    ResponderEliminar
  5. Nós não sabemos a força que temos! Mas temos mesmo muita!!! Belo exemplo! Adorei!

    ResponderEliminar
  6. Não sei quem é a Dª Luisa Barbosa, deixou-te aqui a todas uma grande lição de vida. Vidrinhos à parte, pega nos cacos e vive... Para ti, para os teus filhos para o teu marido, para a tua familia e dá-te por feliz sentires saudades...

    ResponderEliminar
  7. Olá Sofia! Descobri o seu blog por acaso e fiquei encantada com as suas palavras bem verdadeiras e com as quais me identifico. Reparei que tem o marido fora e que as saudades são mais que muitas! Vivi mais de 20 anos longe dos meus queridos pais, por isso conheço muito bem o significado da palavra "SAUDADE". Só mesmo que passa por uma situação assim é que compreende o que é ter vontade de chorar e reprimir as lágrimas para que os nossos amores também eles não fiquei ainda mais triate. Ai aquele nó na garagante, na hora da despedida...As vezes pensamos que já não aguentamos mais, mas aguentamos, não é verdade? Virei aqui mais vezes ler os seus textos e apreciar as suas lindas fotos. Muita força, afinal os filhos ajudam muito. E não se esqueça, Setembro está à distância de algumas horas!!!! Beijos. Avelina.

    ResponderEliminar