Eu e o mundo dos cães (das cadelas, vá)


Ontem, D. Izzie foi esterilizada (é assim que se diz, acho eu). Ontem à noite fomos buscá-la e ela vinha ainda meio anestesiada, literalmente escrevendo, e parecia triste.
A verdade é que, mesmo pensando que é o melhor para ela, me sinto um bocadinho culpada por estar a privá-la dos prazeres da maternidade ( já para não falar dos outros).
Eu sei que ela é uma cadela, que depressa vai arrebitar, voltar a dar saltos e lambidelas sem parar. Mas depois vejo-a assim, com olhos tristes como só os cães sabem ter, e tenho um bocadinho de remorsos.

A verdade é que eu já estava a ficar cansada das vezes em que ela ficava com o cio. É que eu nem sequer sabia que quando as cadelas estão com o cio ocorre um ligeiro sangramento vaginal. Pois, pois...aliado a um ganir desesperante e a um roçar alucinante nas almofadas cá de casa. Já não dava mais. O veterinário diz que é o melhor para ela e eu confio. Mas sinto-me um bocadinho culpada, pronto.


7 comentários :

  1. Que idade é que ela tem? Eu também ando a pensar em esterilizar a kika...

    ResponderEliminar
  2. Esse olhar enternece qualquer um! Vê-se que está mesmo triste!

    ResponderEliminar
  3. Esterilizamos a nossa cadela há 2 semanas, ponderamos muito porque já tinha "marido" para a ninhada da mesma raça e com lop como ela e tudo, contudo não houve grandes duvidas quando o vet nos disse que uma cadela esterilizada antes do primeiro cio, tem aproximadamente mais 3 a 4 anos de vida e a probabilidade de tumores mamários e de útero é quase nula. Fizeste bem.

    ResponderEliminar
  4. Castrei o Macau há cerca de 7 anos (contra a vontade do dono - aí a masculinidade!) e também veio combalido e triste, mas teve a mesma prostração quando esteve muito doente e foi anesteciado para as cirurgias sucessivas... Eles nem sequer se dão conta do que lhe fizemos, estão tristes porque doí, porque os "abandonamos" no veterinario, todas as razões afetivas (lá estou eu a por sentimentos de gente aos cães) mas é verdade e quando ao resto confia no veterinário parece que as cadelas correm muito menos riscos esterelizadas. Além disso a Issy tambem já teve a sorte de ter sido mãe... Não penses nisso foi o melhor para ela.

    ResponderEliminar
  5. que olhinhos...bom fim de semana. :)

    ResponderEliminar
  6. Senti o mesmo quando mandei esterilizar a minha gata, mas passados 2 dias ela já estava igualzinha e foi um descanso, além de que ficou muito mais sossegada e sem querer fugir de casa. Vais ver, já passa. ;)

    ResponderEliminar
  7. Olá querida Sofia! Fiz umas ferias de blogs mas já estou de volta! Também tive esse sentimento quando esterilizei a Maggie, ainda mais porque ficamos a saber, após a intervenção, que ela já ia de barriga cheia! Muito de início, segundo a veterinária. E ela foi esterilizada no primeiro cio. Mas os vizinhos do lado (ela está na casa dos meus pais que é moradia), tinham um cão que estava constantemente a saltar para o nosso lado...portanto tivemos de evitar ninhadas. Ela ultrapassou isso e é uma cadela doida mas feliz! Também me custa o meu Ralph nunca se ter aproximado de uma fêmea!!! :)))

    ResponderEliminar