Serviço Público #1



Toda a gente passa pelo mesmo. Há alturas de tanto trabalho que parece que não há tempo para mais nada. Neste momento ando assim, daí o blogue estar mais paradito. Mas vai passar. 

Entretanto, fica aqui a nova rubrica: Serviço Público( nome nada original, mas é o que se arranja).

Lição nº1: Quando o funcionário de uma caixa de pagamento diz para passarmos para uma outra pela ordem da fila, o que passa para primeiro não é o último da fila. É pela ordem em que chegámos à fila... Eu sei...é difícil (e tentador... deixa-me lá passar à frente destes palermas!), mas ninguém disse que viver era fácil.

É que, talvez porque eu deva uma cara- de- palerma- de- bom -feitio, está SEMPRE a acontecer-me... Hoje já consegui refilar com um, mas mesmo assim  houve uma senhora que me passou a perna... Fica aqui a minha revolta, pequenina ainda, mas a crescer!!!

10 comentários :

  1. Há regras de boa educação, ao viver em sociedade, que para uns são básicas e para outros tão difíceis de entender.

    ResponderEliminar
  2. Ja me aconteceu.... E se ha uns anos atras calava e deixava que me passassem a perna, hoje ja nao é assim... Nesses casos pergunto às pessoas que me tentam passar à frente se sou transparente ou se sou alguma planta de adorno.... ;-) e funciona

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Boas dicas...já não as esqueço. Bjs

      Eliminar
  3. Temos mesmo de nos revoltar contra injustiças, mesmo que pequenas. Se os habituamos a elas permitimos que cresçam!
    Hoje, ao contrário do que é costume também partilhei uma revolta.
    Beijinhos.
    http://vidademulheraos40.blogspot.pt/2014/05/expocosmetica-bloggers-nao-se-deixem.html

    ResponderEliminar
  4. Opah já me aconteceu algumas vezes mas eu não me deixo ficar. Abomino gente esperta com falta de educação.
    Bom dia!

    ResponderEliminar
  5. Era o que me faltava , ai do espertinho!! É que nem ás velhinhas dou hipótese, armam-se em espertas , ligam o turbo e zucas de passar à frente, eu chego poiso as minhas coisas no tapete e digo : "com licença, eu estava à sua frente" e nem piam.

    ResponderEliminar
  6. Momento confissão: já fiz isso. Sem dar-me conta, dando-me conta. Não é o meu estilo, mas já fiz sim senhor. Vou ver se evito. Um dia ainda calho contigo aqui em Luanda e não me apetece levar o teu sermão. J.

    ResponderEliminar