Dois dígitos



Dez anos de um amor imenso que continua a crescer ( parecem só palavras, mas é mesmo assim).

A verdade é que quando o Miguel nasceu, eu receei não o conseguir amar tanto como já amava o Gonçalo. Estava completamente errada. Cada filho é um amor único.


Parabéns, Miguel-meu-amor-mais-lindo!

9 comentários :

  1. Amor único, pessoal e intransmissível. Beijinhos!

    ResponderEliminar
  2. Parabéns ao Miguel e a toda a família!
    Um beijinho,
    Paula
    vidademulheraos40.blogspot.com.

    ResponderEliminar
  3. Um beijo muito grande ao meu querido filho. Muitos parabéns
    Um beijo muito grande à minha querida mulher que me deu dois lindos filhos
    Amo-te muito

    ResponderEliminar
  4. Parabéns para a Mamã, parabéns para o filhote!! E sim, cada filho é um amor único:) Um xi-coração, Manuela

    ResponderEliminar
  5. Parabéns!! Beijinho para ambos :)

    ResponderEliminar
  6. Que ternurinha! A foto está um amor e o menino é lindo, com ar meiguinho (como a mãe). Só posso dar os parabéns aos dois e esperar que esse momento se repita por muitos e muito anos, carregadinhos de felicidades! :)

    ResponderEliminar
  7. muito mimosos. Parabéns Sofia e Miguel e restante família. Beijinhos

    ResponderEliminar
  8. Parabéns ao Miguel (embora atrasados)
    Também tive esse receio. Cada amor é único e insubstituível.
    Elsa

    ResponderEliminar