Benguela...agradecer...

Acabei de dizer ao Luís que o fim-de-semana foi tão feliz e com tantos momentos marcantes que eu ia ter dificuldade em escrever este post. É sempre assim...quando as emoções são boas parece que as palavras nunca são suficientes...

Antes de mais, tivemos o privilégio de ficarmos numa casa na praia com uma vista soberba. Só o Luís é que conhecia o casal e eu, com os meus medos de incomodar, até tinha sugerido ficarmos antes num hotel. Nessa altura, o Luís disse-me que tinha a certeza que eu iria adorar conhecer a Soraia e o Paulo, o casal que nos acolheu. Estava certíssimo o senhor meu marido, fomos muito bem recebidos, como se fossemos amigos de há anos, com um à vontade e uma naturalidade que é muito própria dos portugueses que aqui vivem...As casas estão sempre abertas para os amigos, para os amigos dos amigos...
Eu sempre soube que estão muitos portugueses em Angola, mas agora constatei. São muitas as histórias, as dificuldades, as saudades de um país que, por vezes, parece que nos incita a partir, mas que nos une ao mesmo tempo... Sentimos que, por mais mar que nos separe, continua a existir um país a que pertencemos. E eu acho que é isso que torna esta união dos que se encontram longe, tão especial.

Benguela é uma cidade muito mais organizada do que eu pensava (há ruas com casas da década de sessenta que me lembram muito São Pedro de Moel), tem bons restaurantes (nós fomos ao Benamor - obrigada, João), praias lindíssimas e uns búzios e mexilhões deliciosos. Só passei aqui três dias e percebo as saudades que esta zona deixa/deixou a muita gente... Quanto a mim, adoraria voltar...

Uma casa especial
A vista ao acordar...

Quatro macaquitos!
Praia Baía Azul
Corre, Gonçalo, corre!

Matar saudades da praia...

O Eurico não percebia bem o que o Miguel dizia. O Miguel também não percebia bem o Eurico, mas o sorriso e um buraco na areia são linguagem universal...

Praia da Caotinha 

Tanto mar...

Os pescadores a quem comprámos mexilhões e búzios fresquíssimos...

O dia estava um bocadinho cinzento, mas não tirou a beleza à paisagem...

Os búzios antes...

...e depois.

Eu não sou muito de atividades radicais, mas deixei-me contagiar...só um bocadinho.

Na marginal de Benguela...

E depois de um fim-de-semana assim, regressar à nossa casinha de Sumbe a sentir que somos uns afortunados e a agradecer uma vez,e outra e outra...





5 comentários :

  1. Benguela é dos locais que adorava conhecer :)

    ResponderEliminar
  2. Sofia, parece estar tudo a correr bem. fico contente. que lugar tão lindo, parece ser possível viver lá sem remorsos, não? beijinho.

    ResponderEliminar
  3. fotos tão bonitas!
    Isto assim até parece o paraíso!
    beijinhos,
    vidademulheraos40.blogspot.com.

    ResponderEliminar
  4. Imagens maravilhosas! Um abraço! Manuela

    ResponderEliminar