Mephaquin, repelentes e a minha experiência...a quem interesse...



Há muitas opiniões sobre tomar ou não Mephaquin como profilaxia para a malária. O Luís, como está aqui há um ano, não faz e só tomou nas primeiras semanas. Segundo ele, sempre que tomava o comprimido, não se sentia muito bem.

Quanto a mim e aos meus filhos, temos feito tudo direitinho. Eles ainda nunca se queixaram e eu apenas num dos dias tive umas dores de cabeça, mas nada de especial. Na consulta do viajante, a médica aconselhou-nos e eu resolvi seguir o conselho de quem sabe mais do que eu. Ouvem-se muitas coisas, que faz mal ao fígado e a isto e àquilo. Nós resolvemos tomar. Foi a nossa decisão (o meu lado hipocondríaco não me faria decidir de outra maneira, confesso).

Os outros medicamentos que trouxe também foram prescritos pela médica e embora  eu reze para que não sejam necessários, gosto de os ter ali na gaveta, just in case...

Quanto a repelentes, o meu conselho é que os cheirem antes de comprar, se possível. Por exemplo, o Previpiq...aposto que é muito bom, mas o cheiro enjoa-me um bocadinho. O meu preferido é o Pre Butix em spray que usamos todos os dias. Eu costumo colocar de manhã, ao final da tarde e ponho um bocadinho nos miúdos antes de irem dormir. Para afastar mosquitos, costumo pôr uma vez por dia Raid nos quartos (horas antes de irmos dormir)  e tenho o ar condicionado praticamente ligado o dia todo. Sim, eu sei que talvez seja um exagero, mas eu preciso de me sentir sossegadinha  e não me apetece arriscar com doenças como o paludismo, dengue e chikungunya...

Quanto às águas, só fervidas...Tenho arriscado na fruta com casca, mas primeiro lavo mesmo muito bem com água e lixívia (para os meus meninos só descascada). Alface, ainda não comprei ( e sinto-lhe a falta). Iogurtes também são algo de que sentimos falta ( são mesmo muito caros por aqui) e arrependo-me de não ter comprado uma iogurteira para ter trazido para cá...teria dado muito jeito!

E para já é isto...A minha experiência. Sei que, a exemplo de alguns emails que tenho recebido, interessa a muita gente. Espero que ajude...

3 comentários :

  1. Sofia, acho que no internarché, tem um produto para desinfectar a salada. Agora como ja esta la, se tu lavas bem com agua filtrada e uma colher de vinagre branco, não ha pb. Nunca ficamos doente em 3 anos no Huambo. Agora fuora de casa, ja nao comes....

    ResponderEliminar
  2. Olá Sofia. Vim até cá para ler as novidades. Há semanas que pouco ligo à net, perdi o meu pai e tem sido extremamente difícil... Mas a vida está cheia de surpresas. Aí no Sumbe está o padre Vítor que esteve na nossa aldeia durante anos e por quem o meu pai tinha uma grande admiração. Conheço bem o trabalho que ele desenvolve. Boa estadia. Um beijo.

    ResponderEliminar
  3. Olá, Helena!
    Eu escrevi sobre o Padre Vítor...
    Quero também dizer-lhe que perdi o meu pai em novembro e talvez consiga compreender o que está a passar... Um abraço bem apertado e obrigada por estar por aí...

    ResponderEliminar