Uma família com esperança #14

2011

Faltam dez dias para o Luís regressar. Eu conto os dias, que custam a passar, mas passam. Se nos vamos habituando e se a separação vai custando menos? Nem por isso...há dias...

Está a fazer um ano e meio que a nossa família vive assim. Talvez falte ainda mais ano e meio. Talvez. Não vale a pena fazer grandes planos. Vale a pena sim, tentar viver o melhor possível cada dia. Sem ressentimentos nem queixumes, com coragem, mantendo-nos unidos, aproveitando da melhor maneira os balões de oxigénio que são os dias em que estamos juntos. Faltam dez dias.


5 comentários :

  1. Coragem Sofia.
    Infelizmente é a realidade de tantas famílias e custa-me tanto.
    Beijinho
    MR<3
    Blog Saga da emigração

    ResponderEliminar
  2. Um beijo meu amor. É preciso ir com calma. Vamos vivendo esta fase com a paciência e a força que nos tem mantido unidos. Planos, têm que ser a curto prazo, Períodos de 3 meses de cada vez e depois logo se vê, mas sempre com a certeza que somos nós que decidimos os que queremos para nós e para a nossa familia. Amo-te muito e nunca te esqueço
    Luís M

    ResponderEliminar
  3. Que bom que já está quase.... Nós cá em casa acabámos por este ano ter construído um calendário do advento, exactamente para irmos contando os dias até ao regresso!!!!
    Mas tem piada esta tua imagem de Natal.... é que a minha filha de 4 anos disse exactamente que ia construir um foguetão, para podermos ir visitar as pessoas de quem gostamos! Principalmente as que já estão no céu!!! Assim, tirávamos umas fotografias com elas e assim já não tínhamos saudades!
    Beijinhos para vocês e Boa Viagem para o Luís.... se ele precisar de alguma coisa aqui em Luanda até dia 19.... estamos cá!!

    ResponderEliminar
  4. Muita força, sei o que isso é!

    ResponderEliminar